A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

23/01/2014 19:19

Secretária da Mulher da Capital vai dar cargos para aliados do PT, PPS e PMN

Josemil Arruda e Kleber Clajus
Solenidade de posse da secretária da Mulher nesta tarde de quinta-feira (Foto: arquivo)Solenidade de posse da secretária da Mulher nesta tarde de quinta-feira (Foto: arquivo)

Durante a solenidade de sua posse, a secretária municipal de Políticas Públicas para a Mulher, Jacqueline Romero, revelou que vários dos cargos da pasta serão ocupados por pessoas indicadas por partidos políticos aliados. “Vários cargos técnicos serão para aliados do PT, PPS e PMN”, disse ela.

Com uma estrutura considera enxuta, a nova secretaria terá o suporte da Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS), que tem como titular a vereadora licenciada Thaís Helena. “A secretaria não tem sede. O suporte é da SAS”, informou a recém-empossada.

Justificando sua escolha de Jacqueline Romero para a Secretaria da Mulher, o prefeito Alcides Bernal alegou que ela já trabalhou nas causas sociais, inclusive na OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

Deixou evidente, porém, que a principal causa da nomeação foi a ligação de confiança entre os dois. “Fomos colegas de trabalho na Câmara, onde estabelecemos um vínculo muito forte de amizade e confiança”, declarou.

A princípio, os articuladores políticos de Bernal, especialmente o secretário municipal de Governo, Pedro Chaves, pretendiam que a Secretaria da Mulher fosse discutida com outrros partidos a fim de conquistar mais apoio na Câmara de Campo Grande. Bernal, porém, rejeitou e preferiu fazer uma escolha "pessoal".

 

Bernal fez escolha “pessoal” para pasta da Mulher e pode repetir na Juventude
O prefeito Alcides Bernal (PP) perdeu a oportunidade de ganhar apoio de novos aliados na Câmara de Campo Grande ao optar por fazer uma “escolha pesso...
Oposição e situação concordam: Bernal está em dívida com Mulher e Juventude
A majoritária oposição ao prefeito Alcides Bernal (PP), hoje com cerca de 19 vereadores, e a ampliada situação, com aproximadamente 10 integrantes, s...
Assembleia pode votar polêmico projeto "Lei Harfouche" nesta semana
Considerado polêmico, o projeto chamado de "Lei Harfouche", que prevê a reparação de danos por alunos, em casos de atos de vandalismo em escolas, pod...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions