A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

13/07/2015 08:39

Secretário assume educação com desafio de evitar a greve na volta das férias

Antonio Marques
O advogado Marcelo Monteiro Salomão será empossado agora pela manhã pelo prefeito Gilmar Olarte no cargo de secretário municipal de Educação (Foto: Divulgação/Prefeitura)O advogado Marcelo Monteiro Salomão será empossado agora pela manhã pelo prefeito Gilmar Olarte no cargo de secretário municipal de Educação (Foto: Divulgação/Prefeitura)

O prefeito Gilmar Olarte (PP) empossa o titular da Semed (Secretaria Municipal de Educação), Marcelo Monteiro Salomão, em solenidade hoje, às 9h, no auditório da Secretaria Municipal de Educação. O primeiro desafio do novo secretário será evitar o reinício da greve na volta às aulas no final do mês.

A Secretaria de Educação estava interinamente sob o comando do secretário de Administração, Wilson do Prado, desde a saída da professora Ângela Maria de Brito, que deixou o cargo no início de maio. No dia 25 de maio, os professores iniciaram paralisação para cobrar o cumprimento da lei municipal 5.411/2014, cobrando o repasse do reajuste do piso salarial nacional de 13,01%, suspensa na última sexta-feira, após 47 dias de greve, a mais longa da história de Campo Grande.

Marcelo Salomão ocupava o cargo de superintendente de Orçamento, Finanças e Contratos da Secretaria de Estado de Educação desde janeiro deste ano. Ele é advogado, pós-graduado e professor de Direito Civil. Possui MBA em Gestão Educacional, tendo sido coordenador do curso de Direito da Uniderp. O novo secretário é genro da atual secretária estadual de Educação, Maria Cecília Amêndola da Motta.

O secretário assume a secretaria durante as férias escolares, mas em momento delicado, uma vez que os professores apenas suspenderam a greve da categoria por 15 dias e se a prefeitura não apresentar uma proposta até o final do mês, as escolas vão retornar com funcionamento prejudicado em pelo menos 70 unidades, que estavam em aulas, mas com parte dos professores paralisados.

O primeiro desafio de Marcelo Salomão será negociar com a direção da ACP (Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação Pública) para evitar a continuidade da greve no retorno às aulas. Enquanto o Executivo registrou na semana passada apenas sete escolas com funcionamento prejudicado com o movimento grevista dos professores, muitos alunos estavam prejudicados com a falta de professores de algumas disciplinas.

A posse acontece a partir das 9 horas, no auditório da da Secretaria Municipal de Educação, localizado à Rua Onicieto Severo Monteiro, 460, na Vila Margarida.

Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...
Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions