A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

11/07/2012 17:07

Senadores de MS votam a favor da cassação de Demóstenes Torres

Fabiano Arruda
Votação foi secreta e teve 56 favoráveis a cassação. (Foto: Agência Brasil)Votação foi secreta e teve 56 favoráveis a cassação. (Foto: Agência Brasil)

Senadores de Mato Grosso do Sul foram favoráveis a cassação de Demóstenes Torres (sem partido) nesta quarta-feira. O placar da votação foi de 56 a 19 e cinco abstenções.

O voto no procedimento no Senado foi secreto, contudo, Waldemir Moka (PMDB) e Antônio Russo (PR) foram favoráveis.

Delcídio do Amaral (PT) já havia declarado que também votariam “sim” no caso.

Com a decisão, Demóstenes fica inelegível até 31 de janeiro de 2027. No seu lugar assume o empresário Wilder Pedro de Morais (DEM-GO). Esta é a segunda vez que os senadores cassam o mandato de um colega.

“Fui perseguido feito um cão sarnento. Fui investigado como ninguém foi no Brasil. Dia e noite. E não apareceu nada. Aí começaram a inventar”, afirmou Demóstenes, segundo informações do site Congresso em Foco, acrescentando que a imprensa lhe deve um “pedido de desculpas”.

Eram necessários 41 votos para cassar o mandato do senador, acusado de ter mentido aos colegas sobre sua relação com o bicheiro Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira.

Delta - Um dos desdobramentos da CPI do Cachoeira foi a quebra do sigilo bancário, fiscal e telefônico da Construtora Delta, acusada de irrigar o esquema do contraventor. Em Mato Grosso do Sul, nos últimos anos, a Delta firmou contratos de R$ 164 milhões com o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes).

Conforme relatório divulgado pela CGU (Controladoria-Geral da União), as obras são nas rodovias 158, 262, 267, 163. Já o governo do Estado teve dois contratos com a empresa, no valor de R$ 51 milhões.

A Construtora Delta ainda recebeu R$ 27,8 milhões de emendas parlamentares de políticos do Estado. O valor corresponde a 48 emendas que a União empenhou para as obras, tocadas pelo Dnit. No mês passado, a Delta Construções foi confirmada como vencedora da licitação para obras na BR-163, no valor de R$ 30 milhões.

Cassado, Demóstenes será substituído por ex-marido de mulher de Cachoeira
Por 56 votos a 19, o Senado aprovou hoje (11) a cassação do mandato do senador Demóstenes Torres. Houve cinco abstenções no processo de votação secre...
Senador Demóstenes Torres pede desligamento do DEM
O ex-líder do DEM no Senado, Demóstenes Torres, acaba de pedir desligamento da legenda. O ofício foi encaminhado, há pouco, ao presidente do partido,...
Senado aprova desconto de dívidas de produtores rurais e texto segue para sanção
O Senado concluiu a votação, nesta quinta-feira (14), do projeto que permite a renegociação das dívidas de produtores rurais, estabelecendo descontos...


Isso ai é BRINCADEIRA, estão fazendo o maior "alvoroso" em cima desse tal Demóstenes é porque tem coisa mais CABELUDA para ter CPI, si fosse fazer uma VARREDURA lá no Congresso Nacional, iria sobrar bem poucos SENADORES, DEPUTADOS FEDERAIS, é brincadeiraaaaaa Brasil..... eu fico ouvindo eles acusarem os próprios parceiros de senado, até pareçe que eles são os MAIORES corretos do mundo, só DEUS..
 
Antonio Ferreira Filho em 12/07/2012 09:18:05
vitória do povo!
 
adriano shiroma em 12/07/2012 08:04:41
Nao fizeram mais do que a obrigação, o dever de casa, em tirar o comparsa do contraventor do Senado. E chega de votação secreta, passou da hora de acabar com isso.
 
Adilson Zavatin em 11/07/2012 07:42:30
Como vinte quatro votaram contra a cassação, pois abstenção é contra também, como se pode dizer que os três votaram a favor da cassação, pois até o Alvaro Dias dizia que era a favor da cassação. Dai....
 
antonio pereira em 11/07/2012 06:47:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions