ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUINTA  26    CAMPO GRANDE 21º

Política

Showmícios continuam proibidos e artistas sentem impacto

Por Redação | 18/07/2008 15:35

Vetados nas últimas eleições, em 2006, os eventos conhecidos como showmícios permanecem proibidos durante a campanha eleitoral deste ano para prefeitos e vereadores, de acordo com a Resolução 386 aprovada ontem em plenário pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul).

Ficam permitidos comícios entre 8 e 24 horas, respeitando ressalvas ao código de postura municipal, porém sem a apresentação, paga ou não, de artistas. Shows próximos aos locais dos comícios também estão proibidos.

O que fica liberado, no entanto, são exibições de imagens, videoclipes, jingles e vinhetas de candidatos em telões ou em aparelhos de som, ao início, ao fim e durante intervalo de falas de candidatos, desde que não tenham a manifestação de artistas.

Para o músico sul-matogrossense Celito Espíndola, a proibição dos showmícios pode trazer impacto financeiro para os artistas regionais, principalmente aos que estão em início de carreira e vêem no período eleitoral oportunidade de lucro e divulgação de seu trabalho.

Ele conta que trabalhou em diversas campanhas e que a participação tem a gratificação do contato com a população durante shows em bairros, mas analisa o momento recente como de abuso econômico, com a contratação de artistas renomados nacionalmente em grandes e caras apresentações, como visto em eleições anteriores.

Comes, bebes e brindes

Nos siga no Google Notícias