A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Agosto de 2017

19/10/2013 14:13

Tetila vai recorrer de decisão que manda trocar nome de 16 bairros em Dourados

Aline dos Santos

Condenado por improbidade administrativa, o ex-prefeito de Dourados, Laerte Tetila (PT), vai recorrer da decisão judicial. O juiz da 3ª Vara Cível de Dourados, Plácido de Souza Neto, determinou que Tetila, atual deputado estadual, arque com os custos da retirada do nome Estrela de 16 loteamento de Dourados e mudança da placa de carros oficiais com número 13. Para o magistrado, ele fez promoção do Partido dos Trabalhadores, que tem estrela como símbolo e o 13 como legenda.

Por meio de nota, Tetila explicou que o uso da palavra estrela teve a única intenção de homenagear as comunidades paraguaia e indígena, considerando que Dourados possui mais de 15 mil índios guaranis caiuás e cerca de 50 mi paraguaios e descendentes.

Conforme o ex-prefeito, a palavra foi utilizada pela harmonia fonética de “estrela” com o adjetivo em guarani, como “estrela tovi”, que significa estrela verde; “estrela porã” (estrela bonita); “estrela piahu” (estrela nova). Segundo a nota, não foi utilizada a palavra estrela em guarani pela dificuldade de pronúncia: “mbdja”.

Quanto ao fato de alguns veículos possuírem o final da placa de número treze, Tetila disse que, na condição de prefeito, “procurou ocupar o seu precioso tempo com a grandiosidade de um projeto compatível com Dourados”.

Devem trocar de nomes os seguintes locais: Estrela Hory, Estrela Poravi I e II, Estrela Verá, Estrela Ara Poty I e II, Estrela Moroti, Estrela Pyahu, Estrela Porã I, II e III, Estrela Yvatê, Estrela Pytã, Estrela Itamarim e Estrela Kairós I e II.

O juiz de Dourados ainda condenou Tetila a pagar multa equivalente a uma vez o valor da remuneração anual recebida por ele quando era prefeito de Dourados, o total deve ser corrigido. Contudo, a decisão livra o político de perda de mandato. Para o magistrado, não houve lesão relevante aos cofres públicos ou enriquecimento ilícito.

 

Justiça condena Tetila e manda trocar nome de 16 bairros em Dourados
A Justiça condenou o ex-prefeito de Dourados, Laerte Tetila (PT), por improbidade administrativa e determinou a mudança do nome de 16 loteamentos den...
Justiça Federal determina que bens de ex-prefeita sejam bloqueados
Cinco pessoas, entre elas a ex-prefeita de Três Lagoas, Márcia Moura, estão na lista em que a Justiça Federal determina o bloqueio de bens sob acusaç...
Maia diz que retomará votação sobre reforma política na próxima terça-feira
Após dar início à votação da Proposta de Emenda Constitucional da reforma política, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encerrou a sessão ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions