A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

07/09/2015 14:06

Trabalhadores ameaçam parar coleta de lixo se salário não sair terça

Paulo Yafusso
Caso salário não seja depositado nesta terça-feira, trabalhadores poderão suspender coleta de lixo (Foto: Marcos Ermínio)Caso salário não seja depositado nesta terça-feira, trabalhadores poderão suspender coleta de lixo (Foto: Marcos Ermínio)

Os cerca de mil trabalhadores responsáveis pela limpeza e coleta de lixo em Campo Grande poderão paralisar as atividades na quarta-feira, caso os salários não sejam pagos até esta terça-feira. Na última quinta-feira, a coleta chegou a ficar suspensa até o final da tarde, depois que a Solurb, concessionária do serviço, pagou o ticket alimentação dos funcionários, que estava atrasado.

Segundo Wilson Gomes da Costa, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Asseio e Conservação, os funcionários que fazem a varrição das ruas e a coleta do lixo irão aguardar até a meia-noite desta terça-feira para receber o salário. Caso o depósito não tenha sido feito, na quarta-feira pela manhã se reúnem em assembleia no patio da empresa para decidir o que fazer. “O indicativo da categoria é pela paralisação, se o pagamento não sai”, afirmou.

A Solurb alega que depende do pagamento pela Prefeitura para cumprir com as obrigações trabalhistas, já que a empresa só presta serviço para a administração municipal, por isso não tem outra fonte de receita. A direção diz que tem cerca de R$ 15 milhões para receber, da varição e coleta de lixo feitas em junho e julho.

A Prefeitura informou que não há nenhum pagamento atrasado. Afirma que no dia 24 do mês passado pagou o que faltava e caso os garis suspendam o trabalho vai entrar na justiça com ação para garantir a manutenção da limpeza e coleta do lixo na cidade. Por meio da assessoria, o secretário de Planejamento e Finanças, Disney Fernandes, afirmou que o pagamento de junho e julho está na dependência da fiscalização e medicação do serviço executado.

A administração municipal assegura ainda que só neste ano a Solurb já recebeu R$ 56 milhões. Por outro lado, a empresa diz que nesse montante estão também pagamentos atrasados do ano passado, e afirma lamentar que a Prefeitura prefira ir para a Justiça do que tentar uma negociação para o pagamento dos atrasados.

Vale cai na conta dos funcionários da Solurb e coleta é restabelecida
Já está na conta dos 350 funcionários da Solurb o valor do vale-refeição cujo atraso motivou a interrupção da coleta de lixo nesta quinta-feira (3). ...
Assembleia pode votar polêmico projeto "Lei Harfouche" nesta semana
Considerado polêmico, o projeto chamado de "Lei Harfouche", que prevê a reparação de danos por alunos, em casos de atos de vandalismo em escolas, pod...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions