A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/05/2014 09:02

Trezentos delegados devem aclamar hoje Delcídio para a disputa do governo

Josemil Arruda
Delcídio deve dar entrevista coletiva após o encontro, por volta de 12h30 (Foto: divulgação)Delcídio deve dar entrevista coletiva após o encontro, por volta de 12h30 (Foto: divulgação)

Cerca de 300 delegados do PT de todo o Estado devem aclamar hoje o senador Delcídio do Amaral como candidato a governador, bem como aprovar os novos dos candidatos a deputado federal e estadual, que vão compor as chapas proporcionais. Quanto às vagas majoritárias, além do candidato a governador, os petistas devem também aprovar a destinação das vagas de vice-governador e do Senado para partidos aliados. A convenção do dia 31 de junho só deve oficializar essas decisões.

Quanto à vaga de vice-governador, há possibilidade de o PDT indicar um nome para compor a chapa junto com Delcídio. Dois nomes estavam sendo aventados, do deputado estadual Geoge Takimoto e do empresário Adão Parizoto, mas a indicação, caso realmente seja destinada ao PDT, deve ser do segundo, já que o parlamentar não teria interesse na vaga. Mas a vaga de vice também foi oferecida ao PR, do deputado estadual Londres Machado, que pode indicar sua filha, a vereadora Grazielle Machado, para a vaga.

Já em relação à vaga do Senado, há possibilidade de uma solução caseira, com o lançamento de Ricardo Ayache, atual presidente da Caixa de Assistência dos Servidores de Mato Grosso do Sul (Cassems), para a disputa. Há uma corrente do PT querendo a definição pelo nome dele durante o encontro deste sábado. Contudo, o PT já chegou a oferecer a vaga do Senado para o presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems), Sérgio Longen (PTB), que, porém, parece não ter se entusiasmado com a idéia.

Delcídio do Amaral participa do Encontro Estadual de Tática Eleitoral do Partido dos Trabalhadores, que começa às 9h na sede da Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems), em Campo Grande. Mas deve chegar por volta de 10 horas, segundo informação de sua assessoria de imprensa. Delcídio deve conceder entrevista coletiva ao final do encontro, por volta das 12h30 horas.
Com o objetivo de definir estratégias para as eleições deste ano, o evento contará com a presença de militantes e lideranças do partido vindas de todas as regiões do estado. O PT tem 43.856 filiados, um senador, dois deputados federais , quatro deputados estaduais, 10 prefeitos, nove vice-prefeitos e 79 vereadores distribuídos por 52 municípios de Mato Grosso do Sul.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions