ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  19    CAMPO GRANDE 26º

Política

TSE barra candidatura de Alcides Bernal a deputado federal

Candidato deve recorrer a decisão no STF (Supremo Tribunal Federal)

Por Adriano Fernandes | 03/10/2018 21:40
Alcides Bernal em entrevista ao Campo Grande News. (Foto: Arquivo)
Alcides Bernal em entrevista ao Campo Grande News. (Foto: Arquivo)

Por 5 votos a 2, os ministros do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) indeferiram, na noite desta quarta-feira (03) a candidatura do ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), a deputado federal nas eleições deste ano.

O TSE acatou recurso interposto pela Coligação Amor, Trabalho e Fé, encabeçada pelo MDB, depois que a Procuradoria Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul, deu parecer favorável a Bernal, no pedido de impugação feito pelo partido. 

O MDB pediu a impugnação da candidatura de Bernal, alegando que por ele ter sido cassado em 2014, quando ainda era prefeito da Capital e ainda estaria inelegível.

“Surpreende que a Procuradoria de MS não tenha acatado ao pedido antes, deixando a decisão para Brasília. Mas já estávamos confiantes, acreditávamos na nossa tese de que com a cassação pela Câmara, ainda havia a inegibilidade”, afirma o advogado Valeriano Fontoura, do MDB.

Ao Campo Grande News, Alcides Bernal adiantou que vai recorrer da decisão. "O MDB demonstra claramente que não quer que eu me candidate, mas acho que essa disputa deveria ser definida nas urnas. Estou tranquilo, vou recorrer e se necessário ao STF (Superior Tribunal Federal) e a minha candidatura (campanha) ocorre normalmente", disse. 

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário