ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  07    CAMPO GRANDE 28º

Política

"Um sonho, um desafio e uma missão”, diz Rose ao oficializar pré-candidatura

Deputada Federal oficializou filiação ao União Brasil e ainda faz mistério sobre quem será candidato a vice

Por Clayton Neves e Caroline Maldonado | 12/03/2022 14:19
Rose Modesto acena para apoiadores durante discurso de lançamento da pré-campanha. (Foto: Divulgação/Assessoria)
Rose Modesto acena para apoiadores durante discurso de lançamento da pré-campanha. (Foto: Divulgação/Assessoria)

Com o ginásio do Rádio Clube Campo lotado de apoiadores de diferentes cidades de Mato Grosso do Sul, Rose Modesto oficializou neste sábado (12) filiação ao partido União Brasil e confirmou a única pré-candidatura feminina ao governo do Estado. Apesar de apresentar a deputada como nome certo na corrida eleitoral deste ano, o partido ainda faz mistério sobre quem irá compor a chapa como candidato a senador e a vice-governador

No palanque, Rose começou o discurso cantando melodia que falava sobre trabalho, fé e Deus. “Já fui ajudada, caí e levantei nesta tão longa estrada”, dizia trecho da música. Ao público, a deputada federal falou do sonho em ser a primeira mulher a comandar o Estado. Segundo ela, a experiência de anos na vida pública servirá de base na disputa eleitoral e para um eventual governo.

 “Tenho certeza que minha experiência como vereadora, deputada, professora  e a sensibilidade da mulher vai me ajudar nessa disputa. É um sonho, um desafio e uma missão”, comentou.

Como bandeira, Modesto pontuou temas como agricultura familiar, “apoio aos empresários que geram renda” e valorização dos servidores públicos. Até a convenção partidária, quando o nome será chancelado para a corrida eleitoral, a pré-candidata afirma que o foco será construir alianças com os eleitores. “Temos até junho para fazer essa construção”, finalizou.

Centenas de pessoas de diferentes cidades do Estado acompanharam o evento (Foto: Caroline Maldonado)
Centenas de pessoas de diferentes cidades do Estado acompanharam o evento (Foto: Caroline Maldonado)

Senadora por Mato Grosso do Sul, Soraya Thronicke, que também se filiou ao União Brasil e é uma das apoiadoras de Rose, lembrou que uma das missões do partido nas eleições deste ano é apresentar um quadro de candidatos que reúna experiência e renovação política. “Estamos fazendo a união de muitos nomes bons e também os novos. Está sendo um trabalho de união”, pontua.

Questionada sobre quem seriam os representantes do partido, inclusive no posto de vice-governador, a senadora manteve o mistério. “Nossa chapa será completa. Estamos em negociação, inclusive, com nomes de expressão. Nosso vice vai colaborar e será de um partido que está conosco”, completou.

O evento contou ainda com a participação do presidente nacional do União Brasil, Luciano Bivar. Para ele, a filiação da deputada federal “mostra a força do partido em Mato Grosso do Sul”. Em esfera nacional, Bivar pontua que a sigla pretende se consolidar como opção de terceira via.

“Vamos oferecer uma opção de terceira via. Já conversei com MDB, Podemos e PSDB sobre isso e todos concordam em darmos essa opção diferenciada para o povo”, concluiu.

Lançamento da pré-candidatura -No último sábado (5), a deputada lançou a pré-candidatura ao governo de Mato Grosso do Sul em um evento simbólico, em Culturama, distrito de Fátima do Sul, em frente a casa onde ela nasceu. O anúncio em disputar o pleito foi feito no dia (7) de fevereiro.

 Durante sua carreira política, Rose chegou a ser vereadora de Campo Grande entre os anos de 2008 e 2012, tomou posse como vice-governadora em 2015. Já no ano seguinte, em 2016, disputou no segundo turno a prefeitura da Capital com Marquinhos Trad (PSD), mas perdeu com 41,23% dos votos.

Nos siga no Google Notícias