A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

05/02/2010 13:10

Valter Pereira é recebido por 300 filiados em Corumbá

Redação

Disputando a vaga de candidato a senador do PMDB na chapa encabeçada pelo governador André Puccinelli, Valter Pereira foi recebido por cerca de 300 filiados, na quinta-feira, no Centro Social Paraguaio, em Corumbá (426 km de Campo Grande, na fronteira com a Bolívia).

O encontro contou a presença do ex-presidente do PMDB de Corumbá Adolfo Abate, do vice-prefeito de Corumbá Ricardo Eboli, além de membros históricos do PMDB corumbaense.

Adolfo Abate destacou a importância "do retorno das bases do partido na luta política". "O nosso PMDB estava adormecido. Precisávamos de um movimento como esse para acordar o partido. Além de ser um excelente político, Valter Pereira é um homem que consegue unir o PMDB", disse.

Militante histórico do PMDB de Corumbá, João Carvalho de Oliveira relembrou a trajetória política de Valter Pereira. "O Valter nunca se furtou aos compromissos do partido. Em todas as vitórias e derrotas do nosso PMDB ele estava lá comemorando ou sofrendo conosco. E não é só isso Valter tem se mostrado um ótimo parlamentar e está representando muito bem o Mato Grosso do Sul no Senado Federal".

Já o vice-prefeito Ricardo Eboli defendeu que é a hora do PMDB de Mato Grosso do Sul agradecer e reconhecer a dedicação do senador ao partido.

"Eu sempre estive nas trincheiras das principais lutas em defesa dos interesses do meu estado. Quero continuar o meu trabalho sério em benefício da gente de Corumbá e do Mato Grosso do Sul", afirmou o senador.

O reconhecimento ao trabalho do senador não veio à toa. Ele foi um dos autores da emenda de bancada no valor de R$ 12 milhões para a construção do Anel Rodoviário de Corumbá, que vai acabar com o fluxo de caminhões pesados no centro daquela cidade. Ele também está trabalhando para trazer recursos para a construção do Centro de Especialidades Médicas de Corumbá.

Com dois candidatos, Valter e o deputado federal Waldemir Moka, a eleição prévia do PMDB para a escolha do candidato a senador acontecerá em todos os municípios do Estado. O partido tem cerca de 40 mil filiados e todos têm direito a voto.

O processo de escolha será feito através de urna eletrônica, com a supervisão do TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions