A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

01/07/2015 13:22

Vereadores autorizam R$ 70,3 milhões de suplementação à Prefeitura

Juliana Brum e Antonio Marques
Vereadores aprovam R$ 70 milhões de suplementação orçamentária à Prefeitura na manhã desta quarta-feira. (Foto: Fernando Antunes)Vereadores aprovam R$ 70 milhões de suplementação orçamentária à Prefeitura na manhã desta quarta-feira. (Foto: Fernando Antunes)

Com 22 votos favoráveis e dois contrários, os vereadores aprovaram em regime de urgência, na sessão ordinária de hoje de manhã, 1º, na Câmara Municipal, R$ 70,3 milhões de suplementação orçamentária para a Prefeitura de Campo Grande, mas os projetos não trazem informações detalhadas sobre a destinação dos recursos.

Apenas os vereadores Paulo Pedra (PDT) e José Chadid (sem partido) votaram contra os três projetos do Executivo Municipal. A vereadora Carla Stephanini (PMDB) observou que não considerava correto retirar recursos da Atenção Básica de Saúde e até da baixa e média complexidade para garantir o pagamento de empresa de limpeza. "Entendemos que essa empresa deveria estar impedida de contrato com a Prefeitura", declarou, sem citar o nome da referida empresa, mas votou favorável aos projetos.

Pedra justificou ser contrário a projetos de suplementação do Executivo enquanto a prefeitura não acabar com o desrespeito aos funcionários públicos. "Não posso admitir que funcionários que, realmente, estão trabalhando sejam prejudicados", afirmou ele, referindo-se a servidores da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) que enviaram a ele holerite com o valor de R$ 974 de salário base e estariam tendo cortes nos vencimentos.

Foram aprovados em regime de urgência os projetos 8.049/2015, autorizando suplementação de R$ 42,7 milhões; 8.050/2015, de R$ 13,4 milhões; e 8.061/2015, de R$ 14,1 milhões. Os valores são destinados ao reforço das dotações orçamentárias, mas sem muitas explicações sobre em que áreas serão destinadas os respectivos valores.

 

 

 

Prefeitura continua com inscrições abertas de concurso para 165 vagas
A prefeitura de Rio Verde de Mato Grosso, distante 207 quilômetros de Campo Grande, está com inscrições abertas para concurso público com 165 vagas, ...
Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions