A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

23/04/2017 09:38

Vereadores discutem com jovens mudanças em direitos trabalhistas

Richelieu de Carlo
Estudantes durante ato contra reforma da Previdência. (Foto: Marcos Ermínio)Estudantes durante ato contra reforma da Previdência. (Foto: Marcos Ermínio)

A Câmara Municipal de Campo Grande vai reunir jovens em audiência pública para discutir as propostas de mudanças na legislação, que tramitam no Congresso Nacional, e devem impactar diretamente as pessoas que atualmente estão em período escolar.

Reformas da Previdência e do ensino médio, além da terceirização, serão temas debatidos com os vereadores da Capital, na próxima segunda-feira (21), às 18h30, no plenário da casa de leis. Assuntos que têm levantado polêmica em vários setores da sociedade.

As mudanças no ensino médio e a Lei da Terceirização já foram aprovadas no Congresso e sancionadas pelo presidente da República, Michel Temer (PMDB-SP). Já a reforma da Previdência tem sido discutida amplamente em nível nacional, estadual e municipal.

Durante a próxima semana, sessões de debate sobre mudanças nas regras para a aposentadoria devem acontecer em Brasília. A previsão é de que em maio as alterações devem ser analisadas no plenário da Câmara dos Deputados.
Entre os pontos pré-estabelecidos está a redução da idade mínima para a aposentadoria das mulheres de 65 anos para 62 anos.

Outra alteração proposta em relação ao texto inicial, enviado pelo Executivo ao Congresso Nacional, é reduzir de 60 anos para 55 anos a idade mínima de aposentadoria para policiais federais, rodoviários federais, ferroviários federais, civis e os agentes penitenciários.

A audiência pública, denominada “Jovens x Novas Leis”, foi convocada pelos vereadores da Comissão Permanente de Legislação Participativa, composta pelo presidente André Salineiro (PSDB) e seu correligionário João César Mattogrosso, Cida Amaral (PTN), Cazuza (PP) e Epaminandos Neto, o Papy (SD).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions