A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

30/11/2014 17:16

Vereadores discutem vários projetos de educação nesta semana

Leonardo Rocha
Vereadores terão vários projetos de educação em pauta nesta semana (Foto: Divulgação - Câmara Municipal)Vereadores terão vários projetos de educação em pauta nesta semana (Foto: Divulgação - Câmara Municipal)

Os vereadores de Campo Grande irão analisar vários projetos voltados a educação, nesta semana, na Câmara Municipal. Entre estes, propostas sobre construção de bibliotecas, atenção especial a alunos com transtornos de atenção e filhos de mulheres vítimas de violência física, até a inclusão digital para idosos aposentados e donas de casas.

Na terça-feira (02), os vereadores irão fazer a primeira discussão do projeto do vereador Carlão (PSB) que dispõe sobre a realização do teste de linguinha para recém nascidos em Campo Grande, assim como outra proposta do parlamentar que institui um programa de acompanhamento para alunos que possuem TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade) na rede municipal de ensino.

Já na sessão de quarta-feira, os parlamentares em única discussão e votação irão criar no âmbito da Câmara, a Frente Parlamentar Cristã em Defesa da Família, para tratar de temas voltados para está área no legislativo.

Outro projeto que entra em pauta é sobre os alunos que forem filhos de mulheres vítimas de violência doméstica, poderão se transferir para outra unidade de ensino, de acordo com a necessidade e mudança de endereço.

O vereador Delei Pinheiro (PSD), no mesmo dia, também defende sua proposta sobre a doação de aparelhos auditivos pelo poder municipal aos alunos, da rede de ensino. Seguindo a mesma área, Grazielle Machado (PR) quer que a prefeitura disponibilize espaço para criação e construção de bibliotecas nas escolas municipais, conforme lei federal.

Terminando a semana, na quinta-feira (04), os vereadores analisam mais dois projetos de Carlão, um que institui diretrizes para diagnóstico dos distúrbios do sono e tratamento necessário para alunos da rede municipal. O outro assegura a inclusão digital aos idosos aposentados e donas de casas, através de laboratórios da rede pública.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions