A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

19/12/2012 13:09

Vereadores sinalizam derrota de Bernal e falam em falta de interesse

Eles dizem que prefeito eleito não foi à Casa e por isso voto será pelo limite de 5% de crédito adicional

Nadyenka Castro e Fabiano Arruda
Paulo Pedra diz que falta interesse de Bernal na Câmara. (Foto: Luciano Muta)Paulo Pedra diz que falta interesse de Bernal na Câmara. (Foto: Luciano Muta)

Vereadores de Campo Grande sinalizam que o prefeito eleito Alcides Bernal (PP) pode sofrer nesta quarta-feira a primeira derrota na Câmara. É que está em votação o orçamento da Capital, onde consta como emenda a redução de 30 para 5% de limite de abertura de crédito adicional a ser utilizado pela administração municipal sem que as transações financeiras passem pelo crivo do Legislativo.

Os parlamentares falam que a derrota é culpa da falta de interesse de Bernal na Câmara. Até quem apoiou o prefeito eleito irá votar a favor da emenda. É o caso de Athayde Nery (PPS).

De acordo com Paulo Pedra (PDT), na sessão dessa quarta-feira quando o orçamento estava em discussão, houve suspensão e os vereadores se reuniram para conversar sobre a emenda.

Pedra conta que ligaram para Bernal chamando-o para ir à Casa, no entanto, ele disse que estava em “compromisso inadiável” e não foi. Para os vereadores, a situação revelou falta de interesse do prefeito eleito na Câmara. “Se o Bernal não der atenção para a Câmara, ele não governa”, declarou Pedra. “Se o Bernal tivesse vindo aqui ontem poderia reverter a situação”.

Mário Cesar (PMDB), conta que Bernal ligou para os vereadores à tarde para pedir a manutenção dos 30% de limite de suplementação, mas, para ele, o assunto teria que ser discutido pessoalmente. “Esse tipo de coisa não se faz por telefone”, disse.

Athayde Nery, que apoiou Bernal durante a campanha, declarou que irá votar pelo 5%. Ele fala que se comprometeu com os vereadores que se o prefeito eleito não fosse à Casa ontem, votaria a favor da emenda, e, se fosse, pelos 30%. “Como na veio, vou votar pelos 5%”. Athayde diz ainda que com a aprovação da emenda, a Câmara “está mostrando autonomia” e será mais “fiscalizadora”.

Airton Saraiva (DEM), relata que Nelsinho Trad (PMDB) foi à Câmara e disse que precisava de 30% e por isso conseguiu o índice.

Votação do orçamento vai até amanhã e Câmara entra em recesso na 5ª
A votação do orçamento de Campo Grande para 2013, que prevê receita de R$ 2,7 bilhões, será iniciada na sessão desta terça-feira e finalizada amanhã ...
Vereadores votam orçamento de R$ 2,7 bilhões nesta terça-feira
Os vereadores de Campo Grande votam na sessão desta terça-feira a proposta orçamentária para 2013. Será analisado em primeira votação o projeto de Le...
Relatório do Orçamento aumenta mínimo e limita em 5% reajuste no Judiciário
O relatório final da proposta de Lei Orçamentária, apresentado pelo senador Romero Jucá (PMDB-RR), recompõe investimentos em setores considerados est...


Parabéns Camara!!!! Vocês agiram com legitimidade e inteligência. Se o Bernal não foi capaz de cuidar de sua própria Prestação de Contas da Campanha, que foi rejeitada, essa decisão é muito acertada, pois trata-se das futuras contas da nossa amada Capital que deverá ser cuidada de perto. Mais uma vez !!!!!!!P A R A B É N S !!!!!!!
 
Márcia Gomes em 19/12/2012 16:44:47
É uma falta de respeito elegerem um prefeito sem o mínimo de experiência ou noção administrativa, e agora sem comprometimento também..... Campo Grande vai regredir
 
isa borges em 19/12/2012 16:44:39
Esses caras vão ganhar 15.000,00 para ficar fazendo picuinhas? Tem vereador falando grosso, e nem garantiu o mandato ainda.
 
Valter Oliveira em 19/12/2012 16:05:45
Esse Bernal já está mostrando que não tem o tino político. Não está contando com o apoio dos vereadores pois confia nos mandos e desmandos do Delcídio e Principalmente desse Zeca do PT que cuspiu em nossas caras quando lutou para ganhar sua "aposentadoria" vitalícia. Nós cidadãos Campograndenses, passaremos a cobrar mais de cada político eleito por nós mesmos. Isso é fato.
 
Willyan Mendes em 19/12/2012 15:58:39
Esse bando de vereadores tem mais que fiscalizar mesmo eles ganham para isso.
 
junior pereira em 19/12/2012 13:25:19
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions