A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018

21/12/2017 12:03

Volta de ex-secretário marca última sessão plenária da Assembléia em 2017

Deputados aprovaram por unanimidade projeto do Poder Executivo que prevê correção nas distorções setoriais na Polícia Civil.

Paulo Nonato de Souza e Anahi Gurgel
Deputados durante a última sessão plenária de 2017, na Assembleia (Foto: Divulgação/ALMS)Deputados durante a última sessão plenária de 2017, na Assembleia (Foto: Divulgação/ALMS)

A última sessão plenária da Assembleia Legislativa em 2017, nesta quinta-feira (21), foi marcada pela participação do ex-secretário estadual José Carlos Barbosa, o Barbosinha, que deixou o comando da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública no dia 19 deste mês para reassumir seu mandato de deputado.

“Mesmo estando na secretaria nunca deixei de acompanhar a trajetória da Assembleia. Muitos avanços foram conquistados ao longo deste ano, um ano de muito trabalho, e sempre de forma democrática e transparente”, disse José Carlos Barbosa, que estava à frente da SEJUSP desde 01 de abril de 2016.

Depois do “pacotão”de projetos aprovados na sessão de ontem, a pauta desta quinta-feira previa apenas clima de confraternização e despedida do ano, além do retorno do ex-secretário. No entanto, os parlamentares ainda aprovaram um projeto de autoria do Poder Executivo, de número 311/2017, que prevê correção nos casos de distorções setoriais de delegados da Polícia Civil.

Incluída na pauta por acordo de liderança, a proposta recebeu parecer favorável da Comissão de Constituição, Justiça e Redação, que emitiu e aprovou em plenário, por maioria. O presidente da Casa, Junior Mochi (PMDB) comandou a votação em primeira discussão, que aprovou a matéria com 15 votos favoráveis. 

Em sessão extraordinária, o projeto foi aprovado por 16 votos favoráveis na segunda discussão. A sessão teve início depois de um intervalo para apresentação do coral da Assembleia Legislativa, com músicas natalinas, como despedida das atividades na Casa de Leis em 2017. 

Coral finaliza apresentação que encerrou a sessão na Assembleia nesta quinta-feira (21). (Foto: Anahi Gurgel)Coral finaliza apresentação que encerrou a sessão na Assembleia nesta quinta-feira (21). (Foto: Anahi Gurgel)

Balanço do ano - De acordo com dados divulgados pela Assembleia Legislativa, o ano de 2017 registrou a tramitação de 6.464 projetos. Em 122 sessões plenárias, foram apresentados 1.001 projetos.

Conforme o balanço, ao longo do ano tramitaram 305 Projetos de Leis (PLs), 96 Projetos de Resoluções (PRs), 14 Projetos de Leis Complementares (PLCs), 21 Projetos de Decretos Legislativos (PDLs), duas Projetos de Emenda à Constituição (PECs), 34 Vetos Totais e Parciais e 529 Emendas (Aditivas, Modificativas, Substitutivas, Supressivas e de Redação). Os parlamentares fizeram mais de 3.600 Indicações, 1.500 Moções e 344 Requerimentos.

“Fazendo um comparativo com 2016, dobramos o número de proposições apresentadas, demonstrando a vontade e participação dos deputados na questão legislativa do Parlamento”, avaliou Junior Mochi.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions