A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

12/03/2014 21:18

Voto "misterioso", Romero usa tribuna para rebater estratégias de aliados

Zana Zaidan

Ao contrário dos vereadores da base, que citaram o juiz David Oliveira Gomes Filho, da 2ª Vara de Direitos Difusos e Coletivos para defender Bernal (PP), Eduardo Romero (PT do B), afirmou que o momento “é de separar o trigo jurídico” e que o voto dos parlamentares “não pode se basear em uma decisão de primeira instância.

O magistrado julgou que não houve improbidade administrativa por parte do prefeito, mas Romero lembrou, ainda, que a CPI do Calote, Ministério Público Estadual e a OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil), além da própria Comissão Processante, deram pareceres contrários.

O vereador também rebateu outra estratégia usada pelos aliados, de que Bernal deve permanecer por ter sido eleito legitimamente em 2014. “(Nós vereadores) temos tanto crédito popular quanto Bernal”, referindo-se ao fato de o Legislativo municipal também concorreu ao pleito.

“Não estamos aqui para discutir bobeiras, e sim o futuro da cidade”, finalizou.

Presidente Michel Temer deve ter alta na manhã desta sexta-feira
O presidente Michel Temer deverá ter alta hospitalar na manhã desta sexta-feira (15), informou o médico Roberto Kalil Filho, que coordena os cuidados...
Interrogatório de Lula na Operação Zelotes é marcado para fevereiro de 2018
A Justiça Federal em Brasília marcou para o dia 20 de fevereiro de 2018 os interrogatórios do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de seu filho ...
Senado aprova desconto de dívidas de produtores rurais e texto segue para sanção
O Senado concluiu a votação, nesta quinta-feira (14), do projeto que permite a renegociação das dívidas de produtores rurais, estabelecendo descontos...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions