A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

30/05/2010 10:09

Zeca e André discutem aliança em encontro do PSB

Redação

O pré-candidato a governador Zeca do PT e o governador André Puccinelli discutem neste domingo alianças com o PSB, durante encontro realizado pelo partido.

Pela manhã, os dois passaram pela sede, na rua Eduardo Santos Pereira, defendendo vantagens para a aliança em 2010. O PSB ainda não definiu oficialmente em que lado vai ficar.

O primeiro a chegar foi Zeca do PT. Com o presidente do diretório estadual do PSB, Sérgio Assis, ele tratou da possibilidade de reeditar na campanha ao governo de 2010 a coligação Muda MS, que contou em 1998 com a dobradinha entre os dois partidos.

Para sinalizar a proposta de reedição da coligação, Zeca anunciou em discurso a possibilidade de ter como candidatos a vice-governador dois expoentes do PSB: o vereador José Carlos Cimatti e o presidente da Caixa de Assistência dos Servidores de Mato Grosso do Sul, Lauro Davi, ambos de Dourados.

De acordo com o presidente do PSB, Sérgio Assis, o partido ainda não decidiu se irá apoiar o projeto de reeleição de André Puccinelli (PMDB) ou a tentativa de Zeca do PT de retornar ao Poder. Mas afirmou que Zeca foi o único a sinalizar com uma coligação para as eleições deste ano.

Do governador Puccinelli, o PSB teve a oferta de sub-secretárias. Em 2006, o PMDB também tentou aproximação, mas o partido acabou apoiando o PT. Desta vez, Assis ainda deixa no ar a resposta: "Vamos ouvir as propostas e escolher o que for melhor para o partido. O lado que nos ajudar a eleger o maior número de deputados estaduais e federais", concluiu

No dia 21 de maio o diretório nacional aprovou o apoio à candidatura da ex-ministra-chefe da Casa Civil Dilma Rousseff a Presidência da República.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions