A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

09/07/2014 12:08

Zeca quer ser o deputado federal mais votado e Carlão cogita sair da disputa

Lidiane Kober
Zeca estuda se licenciar da Câmara por 60 dias para intensificar campanha no interior (Foto: Kleber Clajus)Zeca estuda se licenciar da Câmara por 60 dias para intensificar campanha no interior (Foto: Kleber Clajus)

Entre os vereadores candidatos nas eleições de outubro, há parlamentar que trabalha para ser o mais votado e outro que admite sair da disputa se o partido o tratar como “candidatinho”. Zeca do PT tem como objetivo ser o deputado federal recordista de votos e até pensa em se licenciar por 60 dias para correr atrás do apoio dos eleitores.

“Vou trabalhar para ser o mais votado. Para isso, calculo precisar de 150 mil votos”, comentou o petista. Neste sentido, ele estuda a possibilidade de se licenciar da Câmara por 60 dias para intensificar a corrida por votos no interior do Estado.

Desde fevereiro, Zeca começou a andar o Estado. “Hoje, nas tardes e noites de terça, quarta e quinta-feira trabalho em Campo Grande", contou. Na sexta, ele parte para o interior. “No recesso, vou aproveitar para percorrer assentamentos e aldeias”, contou. “Na volta, vou discutir a possibilidade de me afastar por 60 dias”, completou.

Também na corrida por vaga de deputado federal, o vereador Carlão (PSB) decidirá, amanhã (10), se continuará na disputa. “Só vou entrar na eleição, se for para ganhar, caso o partido me trate como candidatinho, prefiro desistir e indicar outra pessoa”, comentou.

Justamente para saber como será tratado, amanhã ele conversará com o governador André Puccinelli (PMDB) e com a ex-secretária estadual Tereza Cristina (PSB), também candidata à uma vaga na Câmara Federal, para saber o tamanho da estrutura que terá à sua disposição.

“Não sou trouxa, se tiver dois copos de água para andar 50 quilômetros no sol quente, não entro nessa caminhada”, comparou Carlão, fazendo menção ao apoio financeiro que receberá do seu grupo político.

Outro candidato a deputado federal, o vereador Coringa (PSD) pensa em usar as mídias sociais como sua grande aliada na corrida eleitoral. “O poder das mídias sociais é muito grande, vou focar minha campanha nelas, principalmente, para chegar ao interior do Estado”, disse.

Na disputa por vaga de deputado estadual, o vereador Vanderley Cabelulo (PMDB) seguirá estratégia de anos anteriores e conciliará sua campanha com os trabalhos legislativos. “Vou me programar para ficar aqui na terça, quarta e quinta-feira, porque os dias de campanha são sagrados”, afirmou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions