A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Maio de 2019

20/12/2018 18:23

Após fim de ano, 14 de Julho voltará a ser interdita para obras dia 2 de janeiro

Cronograma da obra indica que serviços estão antecipados e podem ser concluídos três meses antes do previsto

Liniker Ribeiro
Trecho da Rua 14 de Julho interditada para obras do Reviva Campo Grande (Foto: Saul Schramm/Arquivo)Trecho da Rua 14 de Julho interditada para obras do Reviva Campo Grande (Foto: Saul Schramm/Arquivo)

As equipes responsáveis pela obra do Reviva Campo Grande, na Rua 14 de Julho, voltam a acelerar os trabalhos logo na primeira semana de Janeiro. Com isso, um novo trecho da via (entre a Rua 15 de Novembro e a Avenida Afonso Pena) será interditado no dia 2, logo após o Ano Novo. A informação é da prefeitura da Capital e da Engepar Engenharia – empresa que executa os serviços - que divulgaram o cronograma de obras para 2019, na tarde desta quinta-feira (20).

As atividades mais pesadas foram suspensas neste fim de ano, atendendo ao pedido de comerciantes da região e levando em conta o aumento no movimento nas lojas com as festividades. Se as atividades previstas no planejamento forem realizadas dentro do prazo estipulado, as obras no local devem ser concluídas em novembro do ano que vem.

“A empresa tem até fevereiro de 2020 para entregar a obra, mas estamos colocando um plano em execução que antecipa esta data”, afirmou a coordenadora da Central de Projetos da Prefeitura de Campo Grande, Catiana Sabadin.

De acordo com a prefeitura, do total previsto, 33% da obra foi realizado este ano, o que permitirá que as atividades sejam adiantadas.

O retorno dos trabalhos comprometerá o trânsito em uma das principais avenidas da cidade, a Afonso Pena. Apesar disso, o projeto prevê que a interdição em parte da avenida aconteça apenas após a segunda semana de janeiro, uma vez que o comércio ainda apresenta movimento considerável na primeira semana do ano, devido à troca de presentes.

 

Thiago Gonçalez, gerente do projeto executado pela Engepar (Foto: Liniker Ribeiro) Thiago Gonçalez, gerente do projeto executado pela Engepar (Foto: Liniker Ribeiro)

“Vamos interditar entre a 15 de Novembro e a Afonso Pena no dia 2, mas sem comprometer o trânsito. Só na semana seguinte é que o trânsito será bloqueado por completo no sentido Centro/Shopping”, garantiu o gerente do projeto, Thiago Gonçalez.

Apesar disso, duas faixas da Avenida Afonso Pena (sendo a de estacionamento e a da direita) no sentido Shopping/Centro serão interditadas já no dia 2. “As outras duas faixas vão continuar liberadas normalmente”, complementa Gonçalez.

As obras serão retomadas obedecendo, mais uma vez, as quatro etapas do projeto: esgoto, fechamento do tráfego, calçadas e acabamentos. Ainda segundo o planejamento, novas frentes de trabalho serão iniciadas e haverá inclusão do segundo turno de trabalho (estendido até às 22 horas), visando diminuir o tempo de impacto no comércio e o prazo de finalização das obras.

O cronograma estimado pela Engepar leva em consideração o período de chuvas previsto pelo serviço de meteorologia, mas caso essa previsão não se concretize, podem ocorrer atrasos, já que não é possível executar obra com chuvas.

Confira abaixo o cronograma completo para o próximo ano:

Janeiro

Obras nas calçadas nas quadras 1, 2 e 3, instalação do piso fulget e cabeamento subterrâneo (Entre a Fernando Corrêa da Costa e 15 de Novembro);

Obras nas calçadas nas quadras 7 e 8, entre as ruas Dom Aquino e Maracaju;

Esgoto na Avenida Afonso Pena (obras nas esquinas com fechamento parcial da via na primeira quinzena do mês);

Fechamento da quadra 4 (entre a rua 15 de Novembro e Avenida Afonso Pena) para a execução da infraestrutura elétrica.

Fechamento da Avenida Afonso Pena para a execução de drenagem (pista sentido Parque dos Poderes), na segunda quinzena do mês.

Serviço de esgotamento sanitário nas calçadas na quadra 5, entre Avenida Afonso Pena e Barão do Rio Branco;

Fevereiro

Fechamento Avenida Mato Grosso, sentido centro-bairro, para a execução de drenagem.

Março

Obras de drenagem entre as ruas Maracaju e Mato Grosso (fechamento total do trecho);

Instalação da rede de esgoto entre a Avenida Afonso Pena e a rua Barão do Rio Branco;

Obras nas calçadas nas quadras entre as ruas 26 de Agosto e 15 de Novembro.

Abril

Liberação da Avenida Afonso Pena;

Obras de drenagem entre a Avenida Afonso Pena e Barão do Rio Branco;

Obras da rede de esgoto entre a Barão do Rio Branco e Dom Aquino;

Obras nas calçadas entre as ruas Dom Aquino e Maracaju.

Maio/Junho/Julho

Execução da drenagem entre a Avenida Afonso Pena e Rua Dom Aquino (fechamento do trecho);

Execução da drenagem entre a Rua Maracaju e Avenida Mato Grosso (fechamento do trecho)

Agosto

Rua 14 de Julho sem interdições na via;

Obras nas calçadas nas quadras entre a Avenida Afonso Pena e rua Dom Aquino; e entre a rua Maracaju e Avenida Mato Grosso.

Setembro/Outubro/Novembro

Remoção de postes da Energisa;

Ativação da rede subterrânea;

Instalação da arborização, luminárias e mobiliário urbano



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions