A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

15/12/2013 15:02

Cliente assina plano de telefone e tem “surpresa” com conta 98% mais cara

Vinícius Squinelo
Edvaldo guardou todos os protocolos e registros de ligações (foto: Vinícius Squinelo)Edvaldo guardou todos os protocolos e registros de ligações (foto: Vinícius Squinelo)

O campo-grandense Edvaldo Alves Vieira, 57 anos, entrou em contato com o Campo Grande News para denunciar problemas com a operadora Oi, de telefone fixo. O servidor público assinou um novo plano em setembro, e recebeu várias “surpresas” desagradáveis na conta.

O primeiro problema foi no valor do plano. No contato por telefone, a proposta era um pagamento mensal de R$ 85,96. Porém, as contas referentes aos meses de novembro e dezembro, por exemplo, chegaram com os valores de R$ 156 e R$ 171, respectivamente.

A diferença do valor proposto chega a 98,8%. “E não deram explicação nenhuma do motivo desse preço maior”, comentou o servidor público.

Edvaldo optou, no momento da contratação do plano, pelo pagamento através de débito automático. A surpresa veio essa semana, quando a operadora entrou em contato, afirmando que as faturas de novembro e dezembro não estavam pagas.

“Liguei lá ontem, fiquei das 16h41 até 17h19 no telefone, eles me informaram que não estava no débito automático, mas eu nunca pedi o cancelamento”, reclamou o cliente. “E pra completar, não recebi as contas porque meu endereço estava diferente, mas também nunca solicitei uma mudança de endereço”, emendou.

Edvaldo avalia se vai entrar na Justiça contra a operadora. De janeiro a outubro deste ano, a Oi foi alvo de 97 reclamações no Procon/MS (Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor), ocupando o 23º lugar no ranking de empresas mais reclamadas em Mato Grosso do Sul.



Isso não é novidade não, pois se dez por cento dos clientes da empresa de telefonia reclamassem, mesmo assim a empresa já sai lucrando com os noventa por cento que Anão reclamam, pois eles acham que não valem reclamar por um valor irrisório. Aí é que se enganam e o quanto ela (empresa) sai ganhando. Além do mais, se procurar a justiça só Deus sabe quando vai ser decidido a questão. Clientes da empresa, reclamem dos seus direitos, vá ao Procon, Defensoria, MP. Não deixe isso pra lá.
 
Carlos José em 15/12/2013 22:19:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions