ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 19º

Direto das Ruas

Morador reclama de barulho e bagunça no posto Imbirussu durante a madrugada

Por Ricardo Campos Jr. | 25/01/2011 12:15

Ele diz ter encaminhado denúncia à câmara de vereadores

PM durante abordagem na conveniência localizada na região do Coophamat (Foto: João Garrigó)
PM durante abordagem na conveniência localizada na região do Coophamat (Foto: João Garrigó)

Incomodado com o barulho provocado pelo som alto de carros e pessoas aglomeradas no posto Imbirussu durante a madrugada, o morador da região que fica perto da saída para Sidrolândia Leocimar de Souza Pereira encaminhou uma denúncia para o vereador Paulo Siufi cobrando a solução do problema.

Segundo relatos de Pereira, a “bagunça“ por ele descrita ocorre em quase todas as noites e provoca transtornos há pelo menos 3 meses. “Não temos mais sossego para dormir, ver TV ou até mesmo falar ao telefone dentro de nossas casas”, reclama.

O morador relata ainda que já tentou várias outras maneiras de solucionar a questão. “Tenho ligado para a PM, denunciei na Polícia Civil, mandei e-mail a vereadores e meios de comunicação. De nada tem resolvido”, disse Pereira.

O posto fica perto da conveniência do Jarrão, outro local alvo de reclamações de vizinhos por causa de barulho e na opinião do morador o crime ocorrido na madrugada de domingo (23), a morte do jovem Leonardo da Silva Oliveira, 24 anos, era um fato “previsto” na região.

Ocorrência - Moradores denunciaram a conveniência localizada no cruzamento da avenida Marechal Deodoro com a rua Guararapes por perturbação da tranqüilidade. Após a morte ocorrida no fim de semana há a possibilidade da perda do alvará de funcionamento 24 horas.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário