A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

08/09/2014 14:08

Na "cidade das farmácias", cliente enfrenta dificuldade para entrega após as 21h

Stephanie Romcy

Apesar do grande número de farmácias em Campo Grande, que rende até brincadeiras entre os moradores, a maioria não faz entrega após as 21h, nem mesmo as que atendem 24h.

Na noite do último domingo (07), uma professora de 39 anos, que preferiu não se identificar, se revoltou após ligar em diversos estabelecimentos da Capital e ser informada de que não poderiam entregar o medicamento, devido ao horário.

"Minha mãe estava com febre muito alta, eu não tinha como deixar ela sozinha em casa para ir buscar o remédio. Eu ligava e diziam que não faziam entregas naquele horário por que não dava lucro", conta a professora que mora com a mãe, uma aposentada de 78 anos, no Bairro Santo Antônio.

O Campo Grande News tentou entrar em contato com o Simprofar (Sindicato dos Proprietários de Farmácia de Mato Grosso do Sul), mas nenhuma ligação foi atendida.

Repórter News – Seja um colaborador e envie sua notícia, sugestão, fotos, áudios e vídeos à redação via WhatsApp pelo número (67) 9687-7598.



Se os problemas fossem só estes estava bom, temos uma infinidade de farmácias mais a bem da verdade elas querem vender apenas refrigerantes,carvão e os medicamentos mais comuns, tente comprar um especifico para ver, outro dia rodei mais de uma hora em busca de um remédio para meu filho, isto sem contar determinada rede, que tem lojas, credenciadas da Farmácia Popular que vive com o sistema fora do ar.
 
Marco Aurélio Alves Queiróz em 08/09/2014 14:45:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions