A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

16/08/2016 13:39

Central vai receber embalagens vazias de defensivos na quinta-feira

Elci Holsback
MS é referência no recolhimento de embalagens (Foto: Acrissul)MS é referência no recolhimento de embalagens (Foto: Acrissul)

O Brasil é referência mundial na destinação ambientalmente correta de embalagens de resíduos agrícolas, encaminhando 94% de embalagens plásticas primárias para reciclagem ou incineração. Para manter o padrão, foi criado o Dia Nacional do Campo Limpo, comemorado em 18 de agosto, com o objetivo de coletar embalagens de defensivos agrícolas para correta destinação.

A ação, iniciada em 18 de agosto de 2008, por meio da Lei Federal 11.657, já alcançou cerca de um milhão de pessoas de todo o País e, apenas na edição de 2015, mais de 100 mil pessoas participaram.

Gerenciado pelo inpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias)o Sistema Campo Limpo tem como base o princípio das responsabilidades compartilhadas entre todos os elos da cadeia produtiva, envolvendo agricultores, fabricantes e canais de distribuição, com apoio do poder público, cujo o foco é realizar a logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas. 

Há 15 anos, o inpEV coordena o Sistema Campo Limpo nas atividades de destinação de embalagens vazias de defensivos agrícolas e promove ações de conscientização e educação ambiental sobre o tema, conforme previsto em legislação. É uma instituição sem fins lucrativos formada por mais de 100 empresas e nove entidades representativas da indústria do setor, distribuidores e agricultores.

Neste ano, em sua 12ª edição, o Dia do Campo Limpo traz o tema "Conscientizar e Educar Sempre", com foco na importância de ações educativas para o sucesso do trabalho feito pelo inpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias). “Para cumprir nossa missão de garantir um planeta mais sustentável às futuras gerações, é necessário disseminar a importância da adoção de boas práticas no campo”, ressalta João Cesar Rando, diretor-presidente do instituto.

Em Campo Grande, a data contará com a central de recebimento de embalagens vazias de defensivos agrícolas, gerenciada pela Acra (Associação Campo-grandense das Revendas Agrícolas), que promoverá atividades em diversas modalidades, como o dia de Portas Abertas, quando as centrais recebem a comunidade e mostram o trabalho realizado, a Ação Comunitária, que estimula o envolvimento da comunidade em práticas a favor do meio ambiente e o DNCL na Escola, que leva uma programação especial com temas ambientais a crianças do ensino fundamental.

A modalidade Portas Abertas acontece das 8 as 16h no CEA Polonês, localizado na Rua Corveta, 141, Carandá Bosque, com entrada gratuita.

Já a ação comunitária será realizada a partir das 8h, na Via Parque.

Mais informações sobre o Dia Nacional do Campo Limpo, sobre o inpEV e o Sistema Campo Limpo estão disponíveis no site www.inpev.org.br.

Em escola, jovens aprendem por meio do trabalho no campo
Atendendo as regiões do Aeroporto Santa Maria e dos distritos Dom Jardim, Três Barras, Cachoeira e Cedro, a escola agrícola municipal adotou o ensino...
MPF cobra adoção de monitoramento eletrônico de aeronaves agrícolas
O MPF (Ministério Público Federal) recomendou à Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) que apresente, no prazo de 60 dias, um cronograma de ações p...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions