A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

15/02/2015 11:06

Embrapa lança variedade de capim que chegará ao mercado em agosto

Caroline Maldonado
“É um capim de fácil manejo, indicado para solos de média a alta fertilidade”, revela a pesquisadora da Embrapa Gado de Corte, Liana Jank, líder da equipe responsável pelo trabalho de desenvolvimento da nova cultivar (Foto: Embrapa Gado de Corte)“É um capim de fácil manejo, indicado para solos de média a alta fertilidade”, revela a pesquisadora da Embrapa Gado de Corte, Liana Jank, líder da equipe responsável pelo trabalho de desenvolvimento da nova cultivar (Foto: Embrapa Gado de Corte)

Resultado de 20 anos de pesquisa, uma nova variedade de capim, registrada pela Embrapa Gado de Corte, será lançada em março e deve chegar ao mercado em agosto. A forrageira cultivar de Panicum maximum híbrida BRSTamani tem porte baixo, muitas folhas e perfilhos, que proporcionam boa cobertura de solo e alto valor nutritivo e será opção, principalmente, para o Cerrado.

O lançamento está previso para a Dinapec 2015 (Dinâmica Agropecuária), que ocorre entre os dias 11 e 13 de março, em Campo Grande. “É um capim de fácil manejo, indicado para solos de média a alta fertilidade”, revela a pesquisadora da Embrapa Gado de Corte, Liana Jank, líder da equipe responsável pelo trabalho de desenvolvimento da nova cultivar.

A persistência nos períodos seco e chuvoso é outra vantagem do cultivar, segundo Liana. “Lembrando que apresenta baixa tolerância ao encharcamento do solo e, portanto, não é indicada para áreas sujeitas a alagamentos temporários”, acrescenta. A forrageira, registrada no ano passado pelo Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), foi desenvolvida em parceria com a Embrapa Acre, Embrapa Cerrados, Embrapa Gado de Leite, Embrapa Pecuária Sul, Embrapa Rondônia e Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Durante a Dinapec, também será lançado novo mangueiro digital, desenvolvido em parceria com a Tramasul para o manejo dos bovinos, de acordo com o BPA (Programa Boas Práticas Agropecuárias). A estrutura servirá como laboratório para o desenvolvimento de projetos pelos alunos do curso de mestrado profissional em Pecuária de Precisão da Faculdade de Computação da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

No mangueiro digital serão geradas informações sobre os bovinos a partir de ferramentas eletrônicas desenvolvidas pela Embrapa Gado de Corte e parceiros, segundo o chefe de Transferência de Tecnologia, Pedro Paulo Pires.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions