A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017

05/07/2011 13:32

Sindicato pressiona por compra de gado do Paraguai e fala em 600 demissões

Angela Kempfer

O início do período de entresafra da pecuária preocupa o sindicato dos trabalhadores em frigoríficos, que prevê a demissão de 600 trabalhadores em Mato Grosso do Sul.

A dificuldade de conseguir animais para abate já ameaça os empregos em Campo Grande, segundo a entidade.

A previsão é de que as demissões comecem já nas próximas semanas se a situação não se reverter, mas o sindicato não informa qual seria a empresa a demitir.

A pressão é para que o governo estadual libere a importação de gado em pé do Paraguai, onde muitos fazendeiros brasileiros criam e engordam gado.

“O governo poderia estabelecer uma cota limitada de importação. Só mesmo para suprir a demanda nesse período”, defende o sindicato.

A entidade já procurou apoio na Assembléia e enviou ofício também aos senadores e deputados federais da bancada de Mato Grosso do Sul pela liberação da compra, mas com controle.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions