A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

20/08/2018 20:37

Facebook e startup lançam guia para combater LGBTIfobia na internet

Adriano Fernandes
Uma das capas do guia que tem 8 páginas. (Foto: Reprodução) Uma das capas do guia que tem 8 páginas. (Foto: Reprodução)

Paralelo ao dia a dia nas ruas, nas escolas e até em família, o bullying é um mal presente também no ambiente virtual. Dados da Pesquisa Nacional sobre o Ambiente Educacional no Brasil 2016 apontam que 73% dos estudantes LGBT brasileiros foram vítimas desse tipo de violência por meio de agressão verbal e 36% foram agredidos fisicamente.

Para tentar diminuir esses índices e, consequentemente a violência na internet o Facebook e a startup TODXS, lançaram na última semana o guia Ponha Fim ao Bullying LGBTI+, disponível para download gratuito na Central de Segurança do rede social e no site do TODXS.

Com texto conciso e direto, o guia de 8 páginas incentiva as pessoas a denunciarem a LGBTIfobia online e traz informações sobre as políticas e as ferramentas de segurança do Facebook para ajudar o usuário a se manter seguro.

O material também esclarece dúvidas sobre questões de gênero e orientação sexual, discute o bullying e suas consequências e apresenta orientações de como se combater positivamente o bullying on e offline.

"Temos visto aumentar o número de manifestações de ódio na internet e quando as pessoas fazem essas agressões online elas se sentem protegidas por trás da tela do computador. Portanto, temos uma perspectiva muito promissora com o lançamento do Guia", conta Fernanda Castilhos, gerente de desenvolvimento da TODXS ao Huffpost Brasil.

A sturtup também é responsável pelo aplicativo de mesmo nome que mapeia e encaminha aos órgãos competentes os dados da LGBTfobia no Brasil. "Ter uma ferramenta de denúncia, que dá suporte e ensina como e onde denunciar pode ser crucial para que consigamos endereçar ações positivas, que levem ao fim do ódio online, acabando também com a permissividade do bullying cometido por meio das redes sociais", acrescenta.

Com a parceria a TODXS espera possibilitar o empoderamento de pessoas da comunidade LGBTI no sentido de não mais tolerarem abusos contantes na rede social.

Caixa libera consultas sobre PIS por assistente de voz em smartphones
Os trabalhadores com saldo no Programa de Integração Social (PIS) podem usar o assistente de voz de telefone celular para consultarem o calendário de...
TSE usa robôs para ajudar a tirar dúvidas de eleitores
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) está usando robôs (bots, no jargão técnico em inglês) para auxiliar os eleitores a tirar dúvidas sobre o pleito d...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions