A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

16/06/2018 14:20

Redmi Plus é o 5º celular mais vendido do mundo e pode chegar ao país por R$ 645

Adriano Fernandes
O smartphone concentrou 1,4% de todas as vendas de celulares do planeta, à frente do Galaxy S8 e empatado com o iPhone 7. (Foto: Divulgação) O smartphone concentrou 1,4% de todas as vendas de celulares do planeta, à frente do Galaxy S8 e empatado com o iPhone 7. (Foto: Divulgação)

Empatado com o iPhone 7 no número de vendas pelo mundo e semelhante também em algumas características técnicas, o Redmi 5 Plus, desponta como um dos celulares intermediários com um custo beneficio bacana, mas com preço bem inferior aos celulares da gigante de tecnologia.

O modelo da marca chinesa Xiaomi não é vendido no Brasil, mas pode ser importado custando a partir de R$ 645. Apesar de não considerar impostos, o valor é mais baixo e pode compensar se comparado ao Moto G6 (R$ 1.299), o Zenfone 4 (R$ 1.250) ou o próprio iPhone 7 (R$ 3,199), por exemplo, que também estão no rankings de mais vendidos.

O “Redmi” também tem alcançado números expressivos de vendas. O smartphone concentrou 1,4% de todas as vendas de celulares do planeta, à frente do Galaxy S8 e empatado com o iPhone 7, segundo a consultoria Counterpoint.

Ele fica em quinto lugar no ranking mundial, com ficha técnica intermediária e câmera principal de 12 megapixels (mesma resolução de imagens do iPhone 7). O celular foi lançado no mercado asiático em dezembro de 2017, com preços a partir de 999 yuans (cerca de R$ 500 em conversão direta).

O Techtudo listou algumas especificações e detalhes do produto que está dando o que falar no outro lado do mundo.

Tela e design

O Redmi 5 Plus segue o design de smartphones premium, com tela no formato 18:9 e bordas finas. A traseira comporta a câmera e o sensor de impressões digitais. O telefone está disponível nas opções em preto, dourado, ouro rosa e azul. O display tem 5,99 polegadas, resolução Full HD+ (2160 x 1080 pixels) e densidade de 403 pixels por polegada (ppi). A mesma definição é vista em smartphones mais avançados, como o Zenfone 5 (2018).

Ele tem como processador o Snapdragon 625 (8 núcleos + 2 GHz), o mesmo do Moto G5 Plus, por exemplo e é vendido em duas versões, com memória RAM de 3 GB e armazenamento de 32 GB e outra com 4 GB e 64 GB.

É possível expandir o espaço com cartão de memória microSD de até 128 GB. O sistema de fábrica é o Android Nougat (7.1), com MIUI 9, interface usada pela Xiaomi nos seus smartphones.

Câmera

A câmera do Redmi 5 Plus tem 12 megapixels e abertura f/2.2, com flash duplo, foco automático por detecção de fase (PDAF) e HDR para entregar fotos de melhor contraste. Para selfies, são 5 megapixels com modos para embelezamento e reconhecimento facial.

A bateria do Redmi 5 Plus tem 4.000 mAh. Segundo a fabricante, é suficiente para manter o celular até dois dias longe da tomada. A capacidade supera celulares como o Moto G6 Plus (3.200 mAh) e o Galaxy S9 Plus (3.500 mAh).

O smartphone da Xiaomi ainda é dual-chip e conta com leitor de impressões digitais na parte de trás, garantindo mais segurança e comodidade. O Redmi 5 Plus não é comercializado oficialmente no Brasil – a fabricante deixou o país em 2016, mas pode ser encontrado em sites de importação por cerca de R$ 645.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions