A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

30/05/2018 09:35

Caminhoneiros ignoram escolta e apedrejam comboio na BR-163

Caso aconteceu na tarde de ontem (29), em frente ao posto Kátia Locatelli, na BR 163, na Capital

Viviane Oliveira e Mirian Machado
Caminhoneiro mostra para-brisa que foi quebrado durante ataque de manifestantes (Foto: Mirian Machado) Caminhoneiro mostra para-brisa que foi quebrado durante ataque de manifestantes (Foto: Mirian Machado)

Comboio com cerca de 40 veículos escoltados por viaturas da PRF (Polícia Rodoviária Federal) e do Exército foram apedrejados por caminhoneiros em greve, na tarde de ontem (29), em frente ao posto Kátia Locatelli, na BR 163, em Campo Grande. Alguns veículos tiveram o para-brisa quebrado.

Um dos motorista, que pediu para não ser identificado com medo de represália, contou que saiu de Dourados com o caminhão tanque vazio e seguia com o comboio para abastecer na Capital, quando já em Campo Grande, foram surpreendidos e tiveram os veículos atacados pelos manifestantes da categoria. “Eles atearam paus e pedras. Somos a favor da greve, mas estamos com medo da situação. O cliente pressiona porque quer combustível. A gente fica entre a cruz e a espada”, desabafou.

Ele está em frente a distribuidora da Petrobras, que fica na região da Vila Eliane, e garante que não vai voltar para o interior. “Não temos condições de sair daqui. Mesmo com escolta. Eles os [manifestantes] estão atacando”, lamentou.

Compartilha da mesma opinião outro motorista de caminhão de combustível, que também pediu para não ter o nome divulgado. “As despesas do caminhão tanque é maior do que de outros veículos de cargas”, disse. Indagada, a Polícia Rodoviária Federal confirmou a situação. Eram quatro viaturas da PRF e quatro do Exército que faziam a escolta dos veículos. 

O vídeo chegou ao Campo Grande News por meio do Direto das Ruas, canal de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook. 

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal. Assista, abaixo, ao vídeo. 



Isso aí não é lutar por direitos é impor posições politicas ou ideológicas.
 
Palmares em 30/05/2018 11:40:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions