A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

26/01/2017 11:18

Ex nega perseguição e condutor será indiciado por morte de adolescente

Viviane Oliveira e Marcus Moura
Isabela morreu no acidente (Foto: reprodução/Facebook)Isabela morreu no acidente (Foto: reprodução/Facebook)
Local onde ocorreu acidente como morte na madrugada do dia 15 de janeiro. (Foto: Fernando Antunes) Local onde ocorreu acidente como morte na madrugada do dia 15 de janeiro. (Foto: Fernando Antunes)

Será indiciado por homicídio, Rafael Cabral dos Reis, 24 anos, condutor do carro que caiu no córrego e causou a morte de Isabela da Silva, 15 anos, na madrugada do dia 15 de janeiro, no cruzamento da Rua Petrópolis com a Avenida Lúdio Martins Coelho, na entrada do Conjunto União, em Campo Grande. Na ocasião, sete ocupantes estavam no veículo. Duas meninas, de 17 e 20 anos, amigas de Isabela, ficaram feridas no acidente.

Segundo o delegado Valmir Moura Fé, responsável pela investigação, o rapaz vai responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. “Ele não tem CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e no dia do acidente estava em alta velocidade”, explica o delegado.

À polícia, Rafael manteve a versão de que perdeu o controle do veículo porque fugia de uma perseguição feita por quatro homens em duas motocicletas, sendo um dele ex-namorado, de 17 anos, de Isabela.

O adolescente,  suspeito de perseguir e atirar contra o carro, foi ouvido e nega as acusações. “São várias versões. A gente espera o laudo que foi feito no veículo comprovar se houve tiro para confrontar os depoimentos”, explica a autoridade policial.

Segundo Moura fé, as testemunhas ouvidas confirmam apenas que todos estavam na casa noturna Macalé, onde começou uma briga envolvendo Isabela e o ex-namorado. A confusão se estendeu e houve pancadaria generalizada entre o grupo de Isabela e do ex-namorado dela.

“Na casa de show não há câmeras e os seguranças negam que houve briga naquele dia ”, explica o delegado. O proprietário da casa de show também foi ouvido e relatou que no dia a boate estava sublocada.

Caso - Rafael seguia em veículo GM Monza, de cor branca, em alta velocidade e tinha como passageiros mais seis pessoas, quando perdeu o controle da direção em uma curva, bateu a roda na mureta e caiu no córrego Lagoa.

O corpo de Isabela foi lançado e encontrado para fora do carro. Após o acidente, os homens fugiram e deixaram as meninas no local. Duas mulheres que estavam no automóvel ficaram feridas e foram socorridas à Santa Casa.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions