A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

27/05/2018 13:19

No Maio Amarelo, a lição de consciência de Beatriz, de 5 anos

A menina que desenhou uma cena de atropelamento, também retrata respeito e paz no trânsito.

Anahi Gurgel
Em casa, Beatriz mostra desenho tendo trânsito como tema. Diálogo na família e na escola favorece conscientização. (Foto: Anahi Gurgel)Em casa, Beatriz mostra desenho tendo "trânsito" como tema. Diálogo na família e na escola favorece conscientização. (Foto: Anahi Gurgel)

O que a pequena Beatriz, 5 anos, tem de tímida, na mesma proporção tem de doce e esperta. Em pleno Maio Amarelo, a garota que chamou atenção ao desenhar uma “chocante” cena de atropelamento, é o mais puro reflexo de como o diálogo é fundamental para uma real mudança de paradigmas e diminuição de acidentes e mortes no trânsito.

O desenho de Beatriz ficou conhecido em Campo Grande no início do mês, durante o lançamento da campanha, no Ceinf (Centro de Educação Infantil) Eleodes Estevan, onde ela estuda no Pré II. Os traços coloridos retratam uma pessoa sendo atropelada por um carro que furou o sinal vermelho. A cena gerou questionamentos sobre o que as crianças percebem no trânsito. 

Beatriz é de poucas palavras, mas traz um sorriso largo e aquela vivacidade deliciosa das crianças. Corre, pega seus lápis e começa a desenhar, a pintar, enquanto ouve a conversa de seu pai, o tecnólogo Fábio Franco de Oliveira, 33, com a equipe do Campo Grande News.

“A timidez é resultado de um problema de saúde que Beatriz descobriu aos 11 meses de idade e a impediu de ter contato com outras crianças até os 2 anos”, explica Fábio.

Beatriz, de 5 anos, no sofá de sua casa enquanto desenha ao lado do pai, Fábiio. Estamos no caminho certo. (Foto: Anahi Gurgel)Beatriz, de 5 anos, no sofá de sua casa enquanto desenha ao lado do pai, Fábiio. "Estamos no caminho certo". (Foto: Anahi Gurgel)

“Espero que o desenho e a atitude de minha filha sirvam de exemplo para outros pais, outras crianças. Acho de extrema importância dialogar também sobre os problemas da vida. O trânsito é um deles”, acredita o pai.

Ele conta que quando passeiam pelas ruas do bairro, a filha “puxa orelha” se eles não olham para os dois lados, ou se não sinalizam que querem atravessar pela faixa de pedestre.

“Quando ela vê irregularidade, fala bem alto, na frente da pessoa... crianças e suas sinceridades”, diz, sorrindo, enquanto ajuda a filha a desenharDepois de um tempo, Beatriz mostra a ilustração e descreve a cena.

"Tem semáforo, carros esperando o sinal verde, pedestre apertando o botão para atravessar e pessoas entregando panfleto", resume a pequena.

Fica evidente um cenário de trânsito organizado, respeitoso e técnicos da ação do Maio Amarelo, que vem sendo realizada em Campo Grande.

“É gratificante, pois mostra que estamos no caminho certo. Ela entende o que é certo e errado. Quanto antes for plantada a sementinha do respeito à coletividade e às regras de trânsito, melhor”, diz.

Desenho de Beatriz, que chamou a atenção neste Maio Amarelo. (Foto: Arquivo pessoal)Desenho de Beatriz, que chamou a atenção neste Maio Amarelo. (Foto: Arquivo pessoal)

“Ela passa para o papel o que ela vê nas ruas. Ela nunca presenciou um acidente, mas é muito curiosa, questiona se um carro fura sinal e tentamos explicar de forma lúdica, sem esconder nada”, observa a mãe, a funcionária pública Fabiana Aparecida Rosa dos Santos de Oliveira, 33.

Segundo Fabiana, não dá para florear assuntos tão sérios quando se pretende formar uma criança consciente e responsável pela vida.

"Luta pela paz no trânsito" - A OMS (Organização Mundial de Saúde), diante dos altos índices de mortes no trânsito no mundo, estabeleceu a meta de reduzir em 50% o número de mortes e traumatismos causados pelo trânsito até 2020. A comparação tem como referência o ano de 2011.

A medida incentiva que os países implementem ações, identificadas em nível internacional, para tornarem as vias mais seguras. Uma dessas iniciativas é a campanha Maio Amarelo, um mês inteiro de conscientização sobre o trânsito, em 27 países. No Brasil, é promovido pelo ONSV (Observatório Nacional de Segurança Viária).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions