A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019


18/06/2019 07:26

Dicas para sua primeira viagem ao Pantanal durante o período de inverno

A mudança de estação acontece na próxima sexta-feira, mas não significa alterar os planos se pretende ir ao Pantanal nesta época

Paulo Nonato de Souza
Observação de jacarés é uma das atrações nos passeios no Pantanal (Foto: Reprodução)Observação de jacarés é uma das atrações nos passeios no Pantanal (Foto: Reprodução)

O Pantanal é para ser visitado o ano inteiro, independente da estação. Com certeza você já ouviu isso de algum agente de turismo, e se não ouviu ainda vai ouvir, caso tenha planos de conhecer a maior planície alagada do mundo com área de 250 mil quilômetros de extensão que abrange os estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e os vizinhos sul-americanos Bolívia e Paraguai.

Com o outono já se despedindo, o inverno começa na próxima sexta-feira, 21, às 12h54, mas nem por isso precisa mudar sua programação. Há sempre o que fazer no Pantanal, até mesmo flutuação. “Tudo funciona normal. A temperatura da água é constante, por volta de 24 graus o ano todo”, garante Carla Layane, do Grupo Rio da Prata, responsável de vários destinos turísticos em Bonito e Jardim.

Nas três cidades da região do Pantanal – Aquidauana, Miranda e Corumbá – o clima característico é o verão, sempre de calor escaldante na casa dos 37 graus, e no inverno a temperatura raramente fica abaixo de 11 graus. Durante o dia as temperaturas variam entre 23 a 29 graus, segundo dados do WeatherSpark.

O inverno está entre as melhores épocas para a contemplação da fauna no Pantanal. É quando o nível dos rios baixam e os animais ficam mais visíveis e mais fáceis de serem fotografados nas margens de rios e até na beira de estradas, em busca de água ou tomando um solzinho.

Os ipês fazem parte da paisagem pantanaira e a floração do ipê roxo acontece no mês de junho (Foto: Reprodução)Os ipês fazem parte da paisagem pantanaira e a floração do ipê roxo acontece no mês de junho (Foto: Reprodução)

A flora é abundante no Pantanal. Por isso, se você curte contemplar vegetação, fique atento porque é neste período que acontece a floração dos Ipês: o roxo em junho, o branco em julho e o amarelo em agosto e setembro.

Com o final do período da Piracema em março, no inverno há uma grande quantidade de peixes e pode ser uma boa oportunidade de mergulhar e nadar ao lado de cardumes de várias espécies, incluindo o Dourado. Mas se você não quiser atividade com água, nos passeios no Pantanal é comum opções de rapel, arvorismo, bike e trilhas.

O Pantanal é considerado o lar de 1000 espécies de aves, 400 espécies de peixes, 300 espécies de mamíferos, 480 espécies de répteis e mais de 9 mil diferentes subespécies de invertebrados.

COMO CHEGAR – Partindo de Campo Grande, seu caminho é pela BR-262. A partir da cidade de Aquidauana (146 km) você já estará no universo pantaneiro, depois vem Miranda (218 km) até Corumbá (441 km), considerada a capital do Pantanal. Se for de ônibus, entre em contato com a Rodoviária pelo telefone (67 – 3026 6789).

imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.