ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEXTA  21    CAMPO GRANDE 24º

Lugares por Onde Ando

Período junino esquenta o clima de inverno por todo o país

Em Mato Grosso do Sul, a festa mais tradicional é o Banho de São João, que este ano será de 21 a 23 de junho

Por Paulo Nonato de Souza | 07/06/2024 19:51
A festa do Banho de São João este ano terá  a abertura oficial no dia 21, às 18h, no Teatro de Arena do Porto Geral, com acesso livre à população e aos turistas – Foto: Rene Márcio Carneiro/Reprodução
A festa do Banho de São João este ano terá a abertura oficial no dia 21, às 18h, no Teatro de Arena do Porto Geral, com acesso livre à população e aos turistas – Foto: Rene Márcio Carneiro/Reprodução

Estamos em junho, o mês do São João e das festas juninas por todo o país. São festas democráticas e inclusivas, que envolve muita diversidade cultural nas cinco regiões do Brasil. Das festas mais tradicionais às mais famosas e badaladas, como o Festival de Parintins, no Amazonas, e o Maior São João do Mundo, em Campina Grande, na Paraíba, aos eventos de bairros ou nas escolas, o período junino reúne milhares de pessoas em busca de danças típicas e de farta gastronomia.

Em Mato Grosso do Sul, a festa mais tradicional é o Banho de São João, em Corumbá, distante 427 km de Campo Grande, que todos os anos atrai turistas de várias partes do Brasil. Este ano, o evento vai acontecer entre os dias 21 e 23 de junho. A abertura oficial no dia 21 será às 18h, no Teatro de Arena do Porto Geral, com acesso livre à população local e aos visitantes.

A festa é tradicional por seus fiéis que fazem novenas em suas residências e depois levam seus andores, com a imagem de São João, para o banho no rio Paraguai, descendo a ladeira do porto. Em 2021, o Banho de São João recebeu o registro de Patrimônio Cultural do Brasil pelo Instituto do Patrimonio Histórico Nacional. Na festa também acontecem apresentações de quadrilhas, danças, além das barracas de comidas típicas e muito mais.

Ainda no Centro-Oeste, Brasília recebe a tradicional Expotchê dos dias 7 a 16 de junho. O evento é uma grande mostra da cultura, dos produtos e serviços do povo gaúcho. A atração conta com apresentações de dança e música folclórica típicas da região, shows de artistas do estado, além de apresentações de circo, teatro, humorísticos e outras vertentes da cultura sul-rio-grandense.

O município de Trindade, em Goiás, promove, no final de junho, a Romaria do Divino Pai Eterno. A festa, também conhecida como Festa de Trindade, é um evento cultural que acontece anualmente na cidade, que fica na região metropolitana de Goiânia, a 26 km da capital. A Romaria de Trindade, hoje, é considerada o maior evento religioso do Centro-Oeste, o segundo do Brasil e a maior festa do mundo dedicada ao Divino Pai Eterno.

No sul do país, a agenda de São João começou nesta segunda-feira, 5, em Foz do Iguaçu, no Paraná, com o Festival das Cataratas. O evento anual é reconhecido como um dos principais encontros do turismo na América Latina e vai até o dia 7 de junho. Em sua 19ª edição, o evento conta com uma programação abrangente, palestras inspiradoras, oficinas e a tradicional Feira de Turismo e Negócios, que traz um recorte do que há de melhor no setor.

No dia 7, o município de Guabiruba, em Santa Catarina, recebe a 9ª Festa da Integração. A celebração é a maior realizada pelo município, onde os visitantes e turistas têm a oportunidade de fazer uma imersão na cultura da cidade catarinense. Há atrações musicais, culturais e gastronômicas para todos os gostos. O evento gratuito acontece de 7 a 9 de junho.

Em São Miguel do Iguaçu (PR), acontece nos dias 28 e 29 de junho o Torneio Internacional de Pesca ao Tucunaré. O evento ocorre no Terminal Turístico de Balneário Ipiranga com café da manhã, almoço, sorteio de brindes e competição entre os pescadores inscritos.

No Sudeste, a cidade histórica de Ouro Preto, em Minas Gerais, recebe o Festival Internacional de Turismo e Cultura de Ouro Preto, o FESTUR, os dias 5 e 7 de junho. Nos dias 7 e 8 de junho, acontece a Festa Junina Sustentável – Pinhalzinho + Verde, no município de Pinhalzinho, São Paulo. O evento busca trazer tradições antigas das festas do interior, mas com ações sustentáveis, aliando a época junina à Semana do Meio Ambiente da cidade de Pinhalzinho.

No Rio de Janeiro, o município de Arraial do Cabo recebe, dia 15 de junho, a Feira Turística e Cultural da Massambaba. O evento multicultural, voltado para o público em geral, promove a geração de renda, o fortalecimento dos pequenos empreendedores e dos arranjos familiares locais de trabalho, além de ser uma opção de lazer para os frequentadores.

No Norte, o município de Paraíso do Tocantins (TO) promove a Semana de Meio Ambiente dos dias 5 a 9 de junho. Dos dias 13 a 16 de junho, acontece o Chocolat Xingu – Festival Internacional do Chocolate e Cacau da Transamazônica, no município de Altamira, no Pará.

Famosa pelo festival que celebra a cultura folclórica do Boi-bumbá, a cidade de Parintins, no Amazonas, recebe de 21 a 23 de junho o Festival de Quadrilhas, Danças e Bois Mirins. Realizado na semana que antecede a disputa dos tradicionais Caprichoso e Garantido, a festa acontece na área da Praça dos Bois, onde 19 grupos folclóricos se apresentam, entre quadrilhas, danças e bois mirins.

São três dias de festividades em que são revividos os aspectos da cultura popular, como os folguedos, religiosidades e o imaginário amazônico, dramatizados em danças e apresentações dos bois mirins. O Festival de Quadrilhas, Danças e Bois Mirins compõem o segundo grupo do Festival Folclórico de Parintins.

No Nordeste, o município de Juazeiro, na Bahia, abriu ontem, 6, as tradições juninas com o festejo de Santo Antônio das Tradições, e os festejos vão até o dia 9 de junho. As comemorações de tradição junina acontecem no centro da cidade, resgatando as tradicionais festas dos anos 80. A capital do estado do Piauí, Teresina, recebe, dos dias 25 a 27 de junho, a Feira do Turismo do Brasil.

O município de Currais, no Rio Grande do Norte, recebe o I Fórum de Geoparques, entre os dias 25 a 28 de junho.  O encontro acontece no Seridó Geoparque Mundial da Unesco. Especialistas do Brasil, de Portugal e de outros países lusófonos vão se reunir para discutir e dividir práticas, conhecimentos científicos e desenvolver uma forma sustentável de viabilizar os parques através do turismo.

Nos siga no Google Notícias