ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, SEGUNDA  08    CAMPO GRANDE 21º

Lugares por Onde Ando

Quando ficar em casa se torna o melhor destino no Carnaval

Por Paulo Nonato de Souza | 13/02/2021 08:23
O guarda-chuva, símbolo do frevo pernambucano e uma das marcas do Carnaval brasileiro, este ano só via online (Foto: Reprodução/Alfeu Tavares)
O guarda-chuva, símbolo do frevo pernambucano e uma das marcas do Carnaval brasileiro, este ano só via online (Foto: Reprodução/Alfeu Tavares)

Sem viagem, mas com folia virtual. É  o Carnaval  de 2021, que começa oficialmente neste sábado, 13, só que de uma forma nada a ver com o que estamos acostumados. Sempre um período especial para viajar e relaxar ou para curtir a folia nos destinos famosos por seus blocos de rua, trem elétrico e desfiles de escolas de samba, como Rio, São Paulo, Salvador e Recife, este ano o melhor destino é ficar em casa.

Já não estamos mais em pânico como no início da pandemia, em 2020, mas o coronavírus ainda é uma ameaça global. Por conta das restrições impostas pela pandemia, este ano não teremos os tradicionais e badalados eventos de rua que fazem a fama do Brasil mundo afora e atraem turistas de todas as partes do planeta.

Então, que tal evitar aglomerações e se adaptar a um Carnaval mais tranquilo? Você pode, por exemplo, entrar na onda da folia virtual. É só ligar seu computador ou o tablete, equalizar o volume do som e embarcar na festa de Momo confortavelmente no sofá de casa e na companhia da família.

Conforme nota divulgada pelo Ministério do Turismo, as transmissões online, que são as famosas lives, tão badaladas no dia a dia das pessoas em 2020, permitirão que estados e municípios garantam a festa dos seus foliões, mesmo que a distância.

Em Campo Grande, por exemplo, a Prefeitura Municipal, com apoio do Governo do Estado, realizará diversas lives do Projeto Quatro Estações de Carnaval. Com transmissão pelo YouTube, a agenda engloba samba, pagode, axé e marchinhas.

Na cidade de São Paulo, a prefeitura promove o Festival “Tô Me Guardando”. O evento gratuito reunirá várias apresentações musicais pelas redes sociais. O mesmo tipo de atração ocorrerá em Natal (RN) e na cidade de Fortaleza (CE), onde a programação virtual envolve 37 eventos do ciclo carnavalesco.

Mas se você é do tipo que não curte Carnaval e não abre mão de viajar, priorize destinos próximos e com atrativos mais vazios. Deixe os roteiros mais agitados para quando a vacina contra a Covid-19 for de acesso geral e a pandemia já não seja mais uma ameaça às nossa vidas. Lembre-se de que teremos outros carnavais.

Confira aqui a programação de lives do Carnaval em Campo Grande.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário