A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 23 de Janeiro de 2020


12/11/2019 06:38

Quer ver o fenômeno dos cupinzeiros iluminados em Costa Rica? É agora!

O feriado da Proclamação da República, dia 15, pode ser uma boa oportunidade para presenciar o fenômeno no Parque das Emas

Paulo Nonato de Souza
O fenômeno natural da bioluminescência no Parque Nacional das Emas acontece no início do período das chuvas e vai até dezembro (Foto: Reprodução)O fenômeno natural da bioluminescência no Parque Nacional das Emas acontece no início do período das chuvas e vai até dezembro (Foto: Reprodução)

Se você tem vontade de ver de perto os cupinzeiros iluminados no Parque Nacional das Emas, em Costa Rica, na região norte de Mato Grosso do Sul, mas não sabia qual a época do ano em que acontece o fenômeno natural da bioluminescência no local, então saiba que a hora é agora. Vai de outubro a dezembro, quando tem início o período das chuvas.

Portanto, não resta muito tempo para presenciar o fenômeno. Quem pretende viajar e ainda não decidiu para onde ir no feriado prolongado da Proclamação da República, dia 15, sexta-feira da próxima semana, um bate e volta até Costa Rica pode ser um bom programa. “Olhando de perto é a melhor maneira de você mesmo descobrir a resposta para uma pergunta que todo mundo faz: Mas como isso é possível?”, disse o estudante campo-grandense, Carlos Henrique Soares, que esteve no parque em outubro de 2018.

No Parque Nacional das Emas, uma unidade de conservação de 132 mil hectares que abrange os municípios de Mineiros e Chapadão do Céu, em Goiás, e Costa Rica, em Mato Grosso do Sul, a bioluminescência acontece por conta de uma espécie de vagalume que deposita seus ovos nos buracos dos cupinzeiros. As larvas emitem luzes verdes que brilham e podem ser vistas em noites sem lua e úmidas.

“Acredito que este fenômeno raro só acontece no Parque Nacional das Emas, sempre entre outubro e dezembro, especialmente no início do período das chuvas. Sem dúvida é uma beleza fantástica que vale a pena conhecer, desde que acompanhado de guias treinados”, disse o secretario municipal de Turismo, Keyler Simey Garcia Barbosa.

Mas quem viaja até Costa Rica para uma aventura no Parque das Emas poderá ver muito mais do que os cupinzeiros iluminados. Neste caso, além do passeio noturno para ver a bioluminescência em ação, o secretario municipal de Turismo recomenda visitar o parque sob a luz do dia.

“Temos o cerrado tradicional com sua fauna e flora, mata virgem, e uma infinidade de espécies de pássaros, algumas exclusivas da nossa região, como o bacurau do rabo branco, tem rios próprios para flutuação, boia-cross, contemplação esportiva em carro-safári para visitações diurnas e noturnas”, afirmou Keyler Simey Garcia Barbosa.

Como chegar ao Parque Nacional das Emas:

Partindo de Campo Grande, você segue pela BR-163 e na altura do Posto São Pedro entra na BR-060, à direita, e segue no sentido Camapuã, passa por Paraíso das Águas e Chapadão do Sul, de onde serão mais 50 km até Costa Rica. A viagem de carro desde a Capital tem duração aproximada de quatro horas e meia. De Costa Rica até o portão de entrada do Parque Nacional das Emas são 52,3 km.

Para realizar o passeio noturno no parque é preciso fazer agendamento e comprar seu voucher (R$ 150 por pessoa). Informações na Central de Atendimento ao Turista, na Praça Central de Costa Rica, na Avenida José Ferreira da Costa, telefone (67) 98127-1952.

SERVIÇO - Secretaria Municipal de Turismo, Meio Ambiente, Esporte e Cultura de Costa Rica. Telefones (67) 99964-2735 / 3247-7070.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2020 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.