ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SÁBADO  28    CAMPO GRANDE 25º

Lugares por Onde Ando

Redescubra o Brasil, mas viaje com responsabilidade

Por Paulo Nonato de Souza | 12/11/2020 07:36
Viajar é preciso, mas tem que ser com responsabilidade para evitar a propagação do coronavírus, um risco ainda presente (Foto: Reprodução)
Viajar é preciso, mas tem que ser com responsabilidade para evitar a propagação do coronavírus, um risco ainda presente (Foto: Reprodução)

Viajar! Todo mundo sabe que a palavra significa se deslocar de um lugar para outro, sensação de paz e felicidade, enfim, mas nas últimas décadas o ato de realizar uma viagem por qualquer que seja o motivo, se de férias ou a negócios, ganhou ares de culpa sobre os impactos do turismo no meio ambiente, e agora em 2020, com a chegada da pandemia de coronavírus (Covid-19), viajar virou uma espécie de ação politicamente incorreta.

Já são quase 10 meses de isolamento, distanciamento social, uso de máscaras, álcool em gel, e a vontade de retomar a vida é imensa, mas a pandemia ainda exige cuidados. Com as notícias de redução de contágios e mortes, os brasileiros estão cada vez mais saindo do confinamento. Os destinos turísticos em Mato Grosso do Sul e no restante do país mostram bem isso a cada final de semana ou feriado.

Talvez até por conta disso, esta semana o Ministério do Turismo lançou a campanha “Redescubra o Brasil, viaje com responsabilidade”, que será veiculada em todo o país com uma série de vídeos voltada à promoção dos destinos turísticos brasileiros. Serão veiculados materiais específicos de cada estado do país, além do Distrito Federal.

A campanha reforça a tendência de buscas dos brasileiros por destinos locais e regionais ao sair do isolamento social com o alerta de que é preciso se proteger do vírus e ao mesmo tempo cuidar para que a pandemia não se propague ainda mais no Brasil.

Por exemplo, diz que as empresas de turismo, além de aderirem aos protocolos de biossegurança e aperfeiçoarem os seus produtos e serviços ao novo normal, devem fornecer orientações aos turistas quanto ao cumprimento dos protocolos estabelecidos em seus estabelecimentos, incentivando a conduta responsável de cada cidadão.

“Podemos afirmar que o turismo brasileiro está preparado. Procure os estabelecimentos com o selo Turismo Responsável. São mais de 23 mil estabelecimentos em todo o Brasil obedecendo as regras de biossegurança e demonstrando que se preocupam verdadeiramente com a saúde do turista e com o desenvolvimento econômico do país”, disse o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, durante a cerimônia de lançamento da campanha, referindo-se ao selo “Turismo Responsável – Limpo e Seguro”,  um tipo de certificação de lugar que respeita os protocolos.

Junto com a campanha, o Governo Federal lançou um pacote de medidas para estimular o turismo no país e acelerar a recuperação do setor em relação ao impacto econômico da pandemia de coronavírus que obrigou a suspensão das atividades turísticas.

Batizada de “Retomada do Turismo”, a iniciativa prevê a preservação de empresas e empregos no turismo, melhoria da estrutura e da qualificação de destinos com implantação dos protocolos de biossegurança e incentivo às viagens dentro do Brasil. Os resultados efetivos são esperados até 31 de julho de 2021.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário