ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, TERÇA  19    CAMPO GRANDE 25º

Lugares por Onde Ando

Turismo doméstico muda o foco para o viajante brasileiro

Por Paulo Nonato de Souza | 09/06/2020 07:12
O Pantanal sul-mato-grossense certamente estará entre os programas imperdíveis na volta à normalidade (Foto: Fonte: Guia Viagens Brasil)
O Pantanal sul-mato-grossense certamente estará entre os programas imperdíveis na volta à normalidade (Foto: Fonte: Guia Viagens Brasil)

Definitivamente as estratégias de marketing e divulgação dos destinos turísticos nacionais não serão mais as mesmas no pós-coronavírus. Antes voltadas quase que exclusivamente para o Dólar ou Euro do turista estrangeiro, a propaganda do setor terá que trabalhar suas peças publicitárias com foco no Real dos visitantes brasileiros.

Uma amostra disso é a recém lançada campanha #ViajePeloBrasil, uma iniciativa do Sindepat (Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas), entidade privada que representa os parques temáticos brasileiros. Em nota, diz que o objetivo é estimular o turismo doméstico e valorizar os destinos nacionais.

“Nosso objetivo com a campanha é despertar o desejo do viajante brasileiro para, quando possível, optar por viagens pelo Brasil. Ajudando a impulsionar o turismo doméstico e a economia nacional como um todo”, afirma o presidente do SINDEPAT, Murilo Pascoal, diretor geral do Grupo Beach Park, de Fortaleza.

A mudança de foco para o pós-pandemia já vem sendo anunciada desde abril, quando o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, afirmou que o turismo doméstico iria pautar a retomada do setor no país, ao anunciar as primeiras medidas governamentais para a retomada do setor no pós-pandemia baseadas nos destinos nacionais.

As pesquisas realizadas desde abril por operadoras e sites de venda de passagens e pacotes turísticos reforçam essa tendência. Todas apontam a preferência dos brasileiros por viagens dentro do Brasil. A mais recente, coordenada pela MaxMilhas, plataforma de venda de passagens e milhas aéreas, diz que os voos nacionais (83% da preferência) são os mais procurados para o período pós-pandemia.

Uma das medidas anunciadas pelo Ministério do Turismo para a retomada será a integração entre os modais de transporte para que destinos turísticos próximos possam ser visitados em uma só viagem. A ideia irá possibilitar, por exemplo, a compra de um pacote em que o viajante tenha no roteiro atrativos de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, ou as Cataratas de Foz de Iguaçu, no Paraná, e o Pantanal ou Bonito.

De acordo com dados da Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo), dois a três milhões de brasileiros que nos últimos anos viajavam com frequência para fora do Brasil vão começar a comprar passeios dentro do Brasil, pelo menos num primeiro momento da retomada das viagens turísticas.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário