A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

03/03/2013 09:32

Maníaco da Cruz arrebenta janela e foge de Unei em Ponta Porã

Ângela Kempfer e Viviane Oliveira
Dyonathan Celestrino, hoje com 21 anos, ficou conhecido por matar 3 pessoas em 2008.Dyonathan Celestrino, hoje com 21 anos, ficou conhecido por matar 3 pessoas em 2008.

Conhecido como Maníaco da Cruz, Dyonathan Celestrino, de 21 anos, fugiu da Unei (Unidade Educacional de Internação) de Ponta Porã. Desde 2008 ele estava no local por ter assassinado 3 pessoas em Rio Brilhante.

Veja Mais
Maníaco da Cruz continua em Unei e Defensoria cogita hospital particular
Governo procura novo local para Maníaco da Cruz, após decisão do TJ

Funcionários perceberam a ausência do rapaz apenas na manhã de hoje, às 8h, ao fazer a revista. A última vistoria ocorreu ontem, às 18 horas e Dyonathan permanecia no local. Neste domingo, ao chegarem ao alojamento, os agentes viram a janela arrebentada.

Segundo eles, provavelmente o jovem conseguiu fugir usando apenas um cobertor. Como não há grades em Uneis aos moldes dos presídios, apenas a proteção de janelas comuns, um cobertor e um pedaço de madeira podem ter servido de torniquete.

Dyonathan completou 18 anos dentro da unidade. Os crimes em série foram cometidos por Dyonathan aos 16 anos, em Rio Brilhante, onde morava com a família.

Na época, ele confessou ter matado sozinho o pedreiro Catalino Cardena, 33 anos, em 24 de julho; a frentista Letícia das Neves, 22 anos, em 24 de agosto; e a estudante Gleice Kelly da Silva, 23 anos, no dia 7 de outubro, por considerar todos ateus. Depois de mortas, as vítimas eram deixadas em posição de crucificação. Por isso virou o "Maníaco da Cruz".

O inquérito mostrou que ele saiu outras 7 vezes disposto a matar pessoas que julgava terem vidas desregradas e só livrou da morte uma adolescente de 17 anos, que o convenceu de que era uma virgem. A família abandonou Rio Brilhante. A mãe passou a viver em Ponta Porã para ficar perto do filho.

Pela gravidade do caso, ele ficava sozinho no alojamento, mas a Unei tem hoje 36 internos no total. 

O Estatudo da Criança e do Adolescente, determina tempo máximo para a internação em Uneis de três anos. O prazo venceu em outubro de 2011 e no ano passado, depois de ação da Defensoria Pública, a Justiça determinou a interdição de Dhionatan em um hospital psiquiátrico.

Ele é considerado perigoso ao ponto do Estado alegar que a presença do assassino nos hospitais psiquiátricos existentes em Mato Grosso do Sul significaria risco aos funcionários e aos demais internados. O argumento foi usado pelo governo na tentativa de evitar a transferência, mas o TJ manteve a internação compulsória. 

Apesar da decisão de março de 2012, até agora ele continuava na Unei.




ESSE NOSSO PAÍS É UMA VERGONHA. EXISTE LEI PARA QUE? PARA NÃO SER CUMPRIDA, SÓ PODE… PRIMEIRO NÃO TINHA VAGA EM HOSPITAL PSIQUIÁTRICO PARA O RAPAZ, AÍ FOI SÓ SOLTÁ-LO E COMEÇAR A DAR “IBOPE” QUE NA MESMA HORA SURGIU UMA VAGA, ASSIM, DO NADA? ME ENGANA QUE EU GOSTO!!!!!!!!! CAMBADA DE IRRESPONSÁVEIS!!!!! AGORA É SÓ ESPERAR APARECER MAIS GENTE MORTA, NÉ? ENTÃO TÁ FÁCIL ASSIM, GOVERNO MALDITO? PEGUEM O DINHEIRO PÚBLICO E CONSTRUAM MAIS HOSPITAIS DE CUSTÓDIA NESSE PAÍS EM VEZ DE SUPERFATURAREM NAS OBRAS PÚBLICAS E DESVIAREM TANTAS VERBAS!!!!!! GENTALHA ORDINÁRIA, POLITIQUEIROS SAFADOS! A CULPA NÃO É DA JUSTIÇA, É DE QUEM FAZ AS LEIS (MAL FEITAS) AINDA NÃO DÁ CONDIÇÕES PARA QUE SEJA CUMPRIDA COMO DEVERIA SER. MÁFIA DE INTERESSEIROS É O GOVERNO DESSE PAÍS, ONDE EM PRIMEIRO LIGAR ELES, DEPOIS DEUS!!!!!! QUADRILHA DE ORDINÁRIOS, E BANDO DE ABUTRES É O NOSSO GOVERNO! E PARA ELES (OS GOVERNANTES), NÓS (ELEITORES) É QUEM SOMOS “ZÉ POVINHO”. OLHEM NO DICIONÁRIO, SENHORES GOVERNANTES, QUAL O SIGNIFIFACO DOS VERBETES HONESTIDADE, DIGNIDADE E COMPROMISSO, PARA DEPOIS SENTAREM SUAS BUNDAS NA CADEIRA DE SEUS GABINETES!

 
LUCIA LOPES em 01/04/2013 10:22:15
Eu queria encontrar essa fera pra ver se ele é tudo isso msm ... ai quem ia virar noticia seria eu ia mostrar a lei do cao p ele ...cada dia que passa a lei dos homens protege mais vagabundo manda um dos direitos humanos levar ele p casa agora p proteger
 
amilton fernandes em 22/03/2013 14:50:18
Porque as pessoas não usam de sua religião para ajudar pessoas a entender o verdadeiro amor em deus, e a respeitar os filhos de deus, ao inves de usar da palavra de deus para adentrarem aos presidios e se julgarem altoridades divinas pregando o perdão a esses, maniacos que matam, estrupam, tiram a vida das pessoas como se não fossem nada, e com a certesa da impunidade. Gostaria de saber o porque determinadas religião prega o perdão se na realidade o individuo atentou e tirou a vida de um filho de deus quando na realidade o único q pode interceder sobre a vida é o própio deus q tanto os se disem amar e serem seguidores, se amam a deus, porque querem q absorvam esses crapulas se jesus não teve o mesmo perdão e até hoje muitos nem lembra porq jesus foi sacrificado. eu não conssigo entender.
 
Lenir Pinto Freitas em 05/03/2013 18:38:40
Sr Antonio Hezir,veja bem se em sua familia todos estejam 200% perfeitos,e que não apareça esse aí para julgar,o cara é apossado pelo demonio e vc defende?deve ser igual a ele! vamos torcer,como diz o bruno que alguem reconheça esse sugeito por aí e não deixe ele ficar no frio e com fome.e faça com ele o que a lei não fez,antes que faça muitas familias chorarem,meu desejo é que algum traficante da fronteira o reconheça e nos livre dele para sempre, ele merece receber na mesma moéda, aí vem os direitos humanos em defesa do coitadinho "não pode!" e ele póde?!
 
Lucas da Silva em 04/03/2013 12:15:54
Gostei do comentário, Antônio Herzir. Tudo o que ele fez está previsto no Velho Testamente e, há alguns séculos, seria considerado heroísmo. Tudo em excesso na vida faz mal, inclusive religião.
 
Ricardo Farias em 04/03/2013 08:36:20
Parabéns às autoridades por internar um sujeito tão perigoso tão perto da divisa com o Paraguai, palmas para quem determinou isso.
 
Octavio Mendes em 03/03/2013 23:23:04
Sr. Antonio Hezir, as religioes em si visam o bem do ser humano - neste e/ou noutro mundo como queiram acreditar - e estao submissas também a lei humana, ou seja nao podem difundir principios que atentam contra a vida e a moral. O que esse cara fez nao foi por principio religioso algum. Foi bandidagem mesmo e merece punicao a altura. Leviandade de sua parte vir aqui culpar religioes. Hora que ele aprontar com alguém de sua familia, quero ver voce ficar postando de filósofo.
 
Valdecir A. Zaniboni em 03/03/2013 16:22:17
Ele não fez nada que o livro sagrado dele não diz pra ele fazer. Condená-lo por isso é condenar a religião em si. O erro do estado está em permitir a doutrinação do garoto e depois puni-lo por cumprir a doutrina. O estado deve decidir-se: ou proíbe a doutrinação de menores, ou não os pune por cumprir a doutrina.
 
Antônio Hezir em 03/03/2013 12:46:19
Quero fazer dois comentários. O primeiro: ele não deveria e não poderia ter permanecido onde estava por mais de 3 anos.. Isto é expresso na lei e o Estado DEVERIA ter tido competência para transferi-lo para hospital psiquiátrico vencido este prazo; O segundo: o número de fugas que ocorrem nas Uneis no MS, a despeito do reduzido numero de adolescentes (no estado todo pouco mais de 200), é preocupante e demonstra, SOBRETUDO, que o governo, que sabe disto há anos, não se preocupa com o assunto, não faz concursos, não dota as unidades de sistema de monitoramento eletrônico etc...
 
Roberto Ferreira Filho em 03/03/2013 12:02:02
Leis brandas, fragilidade de instalações, sucateamento da segurança pública.
E a população fica a mercê disso tudo!
Leis suiças para nosso país são o que muitos defendem.
Queira Deus que esses defensores não sejam acolhidos com toda crueldade criminosa já existente, e que acordem sem que seja preciso bater a porta deles o mundo real, do páis que vivemos.
 
Adriano Magalhaes em 03/03/2013 11:43:09
concordo em genero e grau com o comentário de Eduardo Marques Lucas. O cara arrebenta uma grade p/ fugir e ninguém ve ou ouve nada. Cade a vigilancia?...MP, responsabilizar funcionários e direcao dessa Unei por tal fato.
 
Valdecir A Zaniboni em 03/03/2013 11:36:54
Quando ele voltar a matar, que tal processar por HOMICIDIO CULPOSO o juiz que permitiu que esse maniaco de 20 anos continuasse na Unei?
 
Ricardo Farias em 03/03/2013 11:20:41
Nossa, ainda me surpreendo com as desculpas esfarrapadas e descabidas dos órgãos públicos. Então, agora, vamos esperar a(s) próxima(s) vítimas e aguardar novas justificativas furadas.
 
miriam de castro em 03/03/2013 11:11:04
Se duvidar nem veio pro Brasil, deve ter ido para o Paraguai mesmo (visto que lá não seria reconhecido tão fácil) Pior que vai acontecer o clichê de sempre com pessoas desse tipo: fará mais vítimas e até ser pego novamente muitas famílias irão chorar.... Isso é um absurdo!! É preciso leis SEVERAS de verdade nesse País! Se fosse nos USA esse moleque já tinha seu destino....
 
Marcelo Batio em 03/03/2013 10:55:46
Tomara que seja encontrado por um traficante da fronteira que de jeito nele!
 
Junior Ferreira em 03/03/2013 10:50:21
Tadinho! Deve estar com frio e fome pelas ruas, correndo riscos de todas as espécies!!
 
Brunno Lima em 03/03/2013 10:15:46
Funcionários perceberam a ausência do rapaz apenas na manhã de hoje, às 8h, ao fazer a revista. A última vistoria ocorreu ontem, às 18 horas..............Piada - só pode ser piada mesmo.....não escutaram nada o cara arrancou a grade........."Piada"
 
Eduardo Marques Lucas em 03/03/2013 10:12:19
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions