A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019

24/03/2018 09:25

A Páscoa do Senhor Ressuscitado

Por Padre Wagner Ferreira da Silva (*)

Depois de cinco semanas (Quaresma) de intenso convite da Igreja à conversão, à mudança de mentalidade, o povo de Deus é conduzido a celebrar o mistério pascal a partir do Domingo de Ramos da Paixão do Senhor, início da Semana Santa.

Por sua vez, a Semana Santa nos encaminha para o tríduo pascal, e, finalmente, a noite santa da Vigília Pascal, na qual rompe-se o silêncio da madrugada com o cântico do Aleluia, pois Cristo ressurgiu dentre os mortos. Na manhã do domingo de Páscoa, assumiremos com mais entusiasmo o dom de uma vida nova, vida de amor e paz.

A parábola sobre o grão de trigo caído por terra, utilizada por Jesus para anunciar sua obra redentora, nos transmite a lógica da Páscoa: “Se o grão de trigo que cai na terra não morre, ele continua só um grão de trigo; mas, se morre, então produz muito fruto!” (João 12,24).

A morte de Jesus na cruz não pode ser compreendida simplesmente como um assassinato. Na realidade, diz o próprio Jesus, “ninguém me tira a vida, mas eu a dou por própria vontade” (João 10,18). A lógica da Páscoa de Cristo é a lógica do amor, de um amor voluntário, amor que se entrega, que se faz oferta, que morre para produzir frutos de vida nova: solidariedade, compaixão, justiça e paz.

O papa emérito Bento XVI, em sua homilia na vigília pascal de 2012, nos deu uma compreensão preciosa a respeito da graça que nos foi concedida pela ressurreição de Jesus: “Na Páscoa, ao amanhecer do primeiro dia da semana, Deus disse novamente: “Faça-se a luz!”. Antes (da luz) vieram a noite do Monte das Oliveiras, o eclipse solar da paixão e morte de Jesus, a noite do sepulcro. Mas, agora, é de novo o primeiro dia; a criação recomeça inteiramente nova.“Faça-se a luz!”: disse Deus. “E a luz foi feita”.

Jesus ressuscita do sepulcro. A vida é mais forte que a morte. O bem é mais forte que o mal. O amor é mais forte que o ódio. A verdade é mais forte que a mentira. A escuridão dos dias anteriores dissipou-se no momento em que Jesus ressuscita do sepulcro e Se torna, Ele mesmo, pura luz de Deus. Isto, porém, não se refere somente a Ele, nem se refere apenas à escuridão daqueles dias. Com a ressurreição de Jesus, a própria luz é novamente criada. Ele atrai-nos a todos, levando-nos atrás de Si para a nova vida da ressurreição e vence toda a forma de escuridão. Ele é o novo dia de Deus, que vale para todos nós”.

Somente o dom da fé pode favorecer o nosso encontro com Cristo Ressuscitado, a ponto de nos tornar criaturas novas, pessoas que vivenciam o evangelho da alegria, da luz, da misericórdia e da justiça. Papa Francisco faz um alerta na exortação apostólica Evangelii Gaudium (A alegria do Evangelho, número 6): “há cristãos que parecem ter escolhido viver uma Quaresma sem a Páscoa”.

O Santo Padre reconhece que “a alegria não se vive da mesma maneira em todas as etapas e circunstâncias da vida, por vezes muito duras”. Somente a graça do encontro de fé com Cristo vivo nos oferece as condições para viver a alegria do Evangelho mesmo em situações onde tudo concorreria para a tristeza, a desolação e o desespero.

O chamado à conversão do tempo quaresmal não somente quis ser apenas um apelo para cada cristão, mas também à inteira sociedade brasileira e, por isso, a CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) protagonizou uma Campanha da Fraternidade com o tema: “Fraternidade e superação da violência”. Que os discípulos do Ressuscitado sejam corajosos em testemunhar o evangelho da paz, de modo a contribuir com a superação de toda forma de violência e promover uma vida social onde se proclame: Ele está no meio de nós!

(*) Padre Wagner Ferreira da Silva é doutor em Teologia Moral e membro da Comunidade Canção Nova. 

Antônio Baiano – Um Gigante
Roseli Marla, minha cunhada querida, neste momento de profunda tristeza que todos estamos vivendo com a morte prematura do nosso querido Antônio Baia...
Projeto de lei pretende punir quem ocultar bens no divórcio
Quem milita na área do Direito de Família está, infelizmente, mais do que acostumado a se deparar com inúmeros expedientes para fraudar o direito à m...
Internet, Vínculos e Felicidade
A cada dia estamos passando mais tempo em celulares e computadores. Tanto que muitas vezes, quando maratonamos seriados, até a televisão pergunta: "t...
Origem espiritual da Profecia
Em minha obra Os mortos não morrem, transcrevo estudos abalizados e relatos interessantíssimos sobre a realidade da vida após o fenômeno chamado mort...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions