A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Maio de 2017

06/11/2016 17:21

Como ser mais eficiente no agronegócio?

Por Paulo Figueiredo (*)

Entender a sazonalidade das culturas é considerado um dos pontos mais importantes para alcançar os resultados positivos ao final de uma safra. Isso porque cada tipo de plantação depende de uma condição climática específica. Neste ano, por exemplo, devido à seca, o início do plantio da soja começará mais tarde, pois o grão depende da umidade do solo para se desenvolver.

Essas interferências na produção refletem diretamente em mercados que atuam em parceria com o produtor rural, como a indústria de equipamentos para os segmentos agrícola, florestal e de jardinagem. Como a venda de maquinários está ligada ao comportamento do produtor, os investimentos em tecnologias também são reduzidos em períodos de baixa produção.

Na prática, o ano dos mercados em que a Husqvarna atua pode ser dividido em dois períodos: a Temporada de Motosserras, que ocorre durante o outono e o inverno (abril a agosto) e vê o aumento da comercialização de produtos para o trabalho no segmento florestal, como motosserras, roçadeiras mais robustas e sopradores; e a Temporada de Jardim, durante a primavera e o verão (setembro a março), quando ocorrem mais chuvas e, consequentemente, os gramados, pastagens e jardins crescem mais. O foco, neste período, são os equipamentos como aparadores de grama, roçadeiras, cortadores de grama, tratores de cortar grama, entre outros.

Porém, uma empresa que busca uma participação no mercado o ano inteiro precisa estar preparada para as adversidades, como um inverno chuvoso ou um verão seco, que podem interferir diretamente nas vendas. Para evitar problemas, uma das soluções é a diversificação da linha de produtos. Essa é uma estratégia que pode ajudar a compensar as perdas e ainda estimular a geração de receita nas revendas de equipamentos.

Nesse sentido, quando trabalhamos com uma linha mais ampla de produtos, conseguimos enxergar oportunidades de negócios com mais facilidade. Um exemplo são os atomizadores, utilizados no lançamento de partículas em pó, granuladas ou na aplicação de defensivos agrícolas e que se tornaram grandes aliados no combate à dengue, pois permitem a aplicação de defensivos mesmo em áreas de difícil acesso. A tecnologia desenvolvida garante a pulverização em quintais, superfícies irregulares, poças de água, depósitos de sucata, pneus empilhados, entre outros.

Esse é apenas um dos exemplos, porém o que podemos notar é que o grande segredo para não sofrer com a sazonalidade é estar aberto às oportunidades, investir na diversificação da linha de produtos e conhecer suas características, pensando em novas aplicações quando possível. O mercado está aberto para inúmeras oportunidades de negócios, basta conhecer os seus diferenciais e investir na força deles para garantir a consolidação da marca ao longo de todo o ano.

(*) Paulo Figueiredo é consultor técnico de produtos da Husqvarna, líder global no fornecimento de equipamentos para o manejo de áreas verdes.

Escravização, trabalho, imaginário e imprensa
A relação da imprensa com a abordagem do trabalho nunca foi tranquila. Isso porque a visão da mídia no campo do trabalho está muito associada ao aten...
Admirável (ou Abominável) Mundo Novo
Volto a escrever sobre a Previdência. Não me move o oportunismo de aproveitar o mau momento do governo que promove reformas tidas e havidas como rede...
A questão ambiental nas empresas
A questão ambiental há algum tempo tem emergido como uma questão importante na gestão das empresas e os benefícios estratégicos da preservação ambien...
O fim da escola sem fim
As raízes mais remotas da escola, tal como nós a conhecemos hoje, estão depositadas na Grécia Antiga, especialmente referenciadas, ao redor do século...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions