A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

31/08/2017 07:23

Fake Coach: propaganda enganosa e perigosa

Por Tália Jaoni (*)

Coach é uma palavra que está sendo utilizada por profissionais de diversas áreas como sinônimo de sabedoria, como se aquela pessoa fosse um mestre ou um verdadeiro guru. Muitos não possuem formação ou experiência para atender a chancela de coach. São os fake coaches.

Os inúmeros casos de coaches que inundam as redes sociais são exemplos da perigosa banalização. Coach de alimentação, de nutrição, de fitness, de esmalte, de cabelo, de peruca, de roupa, de casamento, de festas, entre outros. Tudo balela. Estão utilizando a palavra para "gourmetizar" a sua atividade, mas de forma leviana. Propaganda enganosa e perigosa.

É a mesma coisa do mestre, sem mestrado. Do doutor, sem doutorado.

O coach é o profissional que aplica a metodologia coaching, que derivou de várias outras metodologias e apareceu há cerca de 40 anos, pelas mãos do tenista Timothy Gallwey. . Algumas pessoas ainda confundem a palavra "coach" - profissional que aplica - com a palavra "coaching" - metodologia que é aplicada

Um verdadeiro coach vê o mundo por outra perspectiva. Um coach acredita em determinados conteúdos, tem atitudes específicas e parece meio "fora do comum". Mas além de tudo isso, ele possui uma formação e uma experiência profissional que o direciona para determinados caminhos.

Ser coach não é treinar ou ensinar. Ser coach é despertar e transformar. E a transformação é uma palavra que não sobrevive sozinha. Ela exige disciplina, confiança, persistência, proatividade e paciência.

Importante ressaltar que o trabalho do coach é o de provocar pensamentos novos no cliente, sem aconselhar nem induzir. O coach parte da premissa de que as respostas já estão lá e então desafia o empresário, empreendedor, líder para novas opções e escolhas. Exploro muito estes desafios no meu último livro, lançando recentemente chamado "A Revolução do Coaching".

O trabalho do metódo coaching acaba fornecendo um "norte" para empreendedores, empresários, atletas, homens e mulheres de diversas áreas e setores. Quem busca o coaching é porque tem a vontade ou necessidade de crescer. O coaching tem o papel de estimular o potencial da empresa, do negócio ou do profissional. Quando você é estimulado e desafiado a pensar no que você nunca pensou, para fazer o que nunca fez, provavelmente chegará onde nunca chegou. Sem dúvida serve para melhorar a perfomance, os resultados.

Para escolher um coach é necessário que a pessoa peça suas certificações, converse com alguns de seus clientes, entenda se o profissional é mesmo um coach ou alguém que apenas utiliza a palavra. Fuja dos fake coaches. O barato pode sair caro e comprometer seus objetivos.

(*)Tália Jaoui é Master Coach Trainer da Prime Talent Brasil e já formou mais de três mil coaches no Brasil. É apresentadora do programa Conexão Comportamento no Youtube, psicóloga formada pela PUC-SP e palestrante comportamental. Também é autora dos livros "A Revolução do Coaching", "Quando! Quando...Quando?" e co-autora das obras "A Elite do Coaching - volumes 1 e 2".

As leis dos vikings
Em 'An Unimaginable Journey: How Pepsi Beat the Odds in Roman', Aviad Meitar narra como diversos aspectos do mundo viking podem ser muito importantes...
Vulnerabilidade social e violência
Nos últimos anos, ninguém que se dedique minimamente à reflexão sobre a política brasileira ou sobre o acirramento da desigualdade social consegue es...
O registro de produtos no Brasil
Direto da França, visitamos um centro de desenvolvimento científico e tecnológico de algas no norte francês, na região da Bretanha. Os produtos extra...
Gestantes Presas – O que a lei diz a respeito deste fato
A poucos dias uma mulher foi presa portando 90 gramas de maconha, tal situação seria corriqueira se não fosse o fato de que a mesma estava grávida e,...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions