A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Junho de 2017

31/03/2012 09:29

PNL - Programação Neurolinguística e Vendas

Por Roberto Patzlaff (*)

A PNL estuda a estrutura da experiência subjetiva, como o cérebro e a mente funcionam e como estruturamos o pensamento, a emoção e a comunicação.

As poderosas técnicas e ferramentas da PNL, são de aplicação prática, imediata e efetiva para a conquista de metas, realização pessoal e profissional.

Vendas:

Qual a atitude que nós precisamos que irá assegurar a nossa habilidade de ganhar a mente e o coração das pessoas, ganhar vendas, negociações, influência, persuadir e criar clientes fiéis?

- Para isto temos que levar o nosso cérebro para o processo da venda em si, e ao fazer isso, nos leva ao processo de assistir ao comprador potencial a entender como um produto ou um serviço em particular pode satisfazer uma necessidade. Se existir uma necessidade, nós podemos então facilitar uma decisão. Por esta razão a venda, como a comunicação, envolve entrar para dentro do mundo do comprador para entender as coisas dentro do seu ponto de vista. Então ao fazer isso, nos fortalecemos para facilitar suas estratégias para a compreensão, a motivação e a tomada de decisão.

A atitude que compõe a excelência em venda é a “Atitude de Abundância”. Isso significa, adotando o ponto de vista de que nós vivemos em um mundo de fartura, de que existe fartura para todos, que nós podemos optar pela cooperação e pela competição amistosa antes do que pela competição negativa, e que ela se estenda a nós mesmos, e nos outros geralmente elicia o mesmo, cria confiança e permite que as pessoas sintam-se seguras conosco.

Este pensamento de abundância também facilita o mesmo em nós mesmos. Dá-nos um sentido de segurança sobre a venda e a falta de desesperança. Nós não precisamos empurrar pressionar nem forçar uma venda. Ela fluirá naturalmente.

"A essência de sermos produtivos é criar um mundo no qual todos ganham por que existem maneiras de se criar mais, ao invés de termos de brigar para dividir uma porção limitada." (Richard Bandler)

(*)Roberto Patzlaff é Master Practitioner em Programação Neurolinguística (PNL) pela International Association for Neuro-Linguistic Programming e pelo Deutscher Verband für Neuro-Linguistisches Programmieren. Especialista em Psicodrama. www.rbrasilconsultoria.com.br

Brasil potência no mundo da ciência: entre o intelectual e o manicomial
Não se pode dizer ao certo se por conta de uma "cultura da avaliação" – seja lá o que isso signifique – ou se por um instinto de vaidade, quando são ...
O círculo de todos nós
São inúmeros os estudos que tratam da distinção entre o público e o privado. No entanto, estamos vivendo um novo momento da humanidade em que essa fr...
O Segredo da Juventude
Quem quer ser jovem? Sabe-se que as pessoas buscam a cada dia uma supra valorização da aparência, principalmente nos dias atuais. A cantora Madonna (...
O papel da escola na integração da pessoa com deficiência
Para que a pessoa com deficiência aprenda, ela precisa ser integrada ao meio e ao convívio social. E a escola tem um papel fundamental nessa integraç...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions