ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  09    CAMPO GRANDE 28º

Cidades

Auxílio emergencial e aulas à distância concentram reclamações de MS à CGU

Plataforma registrou 301 manifestações originadas no Estado sobre ações durante a pandemia de covid-19

Por Jones Mário | 29/05/2020 13:19
Auxílio emergencial concentra maior parte das reclamações à CGU (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)
Auxílio emergencial concentra maior parte das reclamações à CGU (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)

Em pouco mais de dois meses, 301 reclamações de sul-mato-grossenses relacionadas ao assunto “novo coronavírus” chegaram à CGU (Controladoria-Geral da União). Quase metade das manifestações, ou 48,5% delas, foram provocadas por pedidos e dúvidas relacionadas a benefícios, como o auxílio emergencial, ou por protestos sobre aulas à distância.

Os dados são da própria CGU e foram extraídos da plataforma Fala.BR, espécie de ouvidoria do órgão. A ferramenta tem canal exclusivo para manifestações relativas à prestação de serviços ou atuação de agentes públicos no enfrentamento à pandemia de novo coronavírus.

Das reclamações registradas originadas do Estado, 83 foram sobre benefícios. O tópico liderou as estatísticas nacionais, com 10,9 mil manifestações.

Segundo relatório da CGU, os protestos são, em especial, de cidadãos que buscam acesso ao auxílio emergencial de R$ 600,00 (R$ 1,2 mil para mulheres chefes de família).

Tem sido observada grande quantidade de registros sobre a operacionalização do auxílio, incluindo dúvidas e reclamações sobre atualização de cadastros, demora na análise de solicitações sem informação sobre a previsão de liberação de pagamentos, bem como contestação sobre a negativa do pedido”, resume relatório.

Leitora do Campo Grande News, de 29 anos, desempregada e que preferiu não se identificar, enfrentou problemas para conseguir o benefício.

“Fui aprovada no dia 15 de maio, sou de março, e até agora não recebi nada. A gente liga no 111 e só vem mensagem automática, dizendo que meu pagamento era para o dia 21 de maio, mas não recebi nada na minha conta Caixa”, narrou, via canal Direto das Ruas.

Nesta semana, o ministro da CGU, Wagner Rosário, falou em 160 mil possíveis fraudes ao benefício do governo federal apuradas pelo órgão.

Ensino - Outras 63 reclamações oriundas de Mato Grosso do Sul, entre 20 de março e 24 de maio, foram sobre aulas à distância. O número chama a atenção, pois corresponde a praticamente metade das manifestações registradas em todo o País (127).

(Infográfico: Guilherme Correia)
(Infográfico: Guilherme Correia)

Segundo a CGU, as reclamações, em geral, são direcionadas a universidades e estão relacionadas a dificuldades ou insatisfação com as aulas à distância ministradas durante o período de isolamento social.

Além de sugestões variadas (44), outros assuntos visados por sul-mato-grossenses em relatos ao Fala.BR foram denúncias contra empresas (9); reclamações contra hospital (8); dúvidas e reclamações acerca de linhas de crédito (8); orientações a respeito da MP 936, que prevê corte de salário e suspensão de contrato de trabalho (5); e denúncias de irregularidades na aplicação de recursos (5).

Ainda conforme a CGU, as reclamações podem ser enviadas por formulário eletrônico, disponível na plataforma Fala.BR. Também é possível fazer denúncias diretamente à CGU, com garantia de anonimato.