ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  26    CAMPO GRANDE 29º

Cidades

Baixa umidade vence chuva e seca na Capital deve chegar a 50 dias

Previsão era de precipitação nesta tarde, mas alerta é de umidade abaixo de 20% até o final de semana em todo Estado

Por Tainá Jara | 12/08/2020 15:14
Apesar das nuvens, estiagem ainda predomina em Campo Grande (Foto: Hnerique Kawaminami)
Apesar das nuvens, estiagem ainda predomina em Campo Grande (Foto: Hnerique Kawaminami)

O alerta de baixa umidade relativa do ar, emitido para Mato Grosso do Sul, parece ter vencido a possibilidade de pancadas de chuva para cidades como Campo Grande, na tarde desta quarta-feira.

De acordo com o meteorologista Natálio Abrhão, a Capital deve completar 50 dias de estiagem, com chance de chuva apenas no final de semana. No Estado, as possibilidades de precipitação são poucas nos municípios pantaneiros, castigados pelos incêndios.

Alerta emitido pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) hoje para 35 municípios, incluindo Campo Grande, prevê risco de umidade relativa do ar variando entre 30% e 20%. Por outro lado, a previsão do dia para Capital, de possibilidade de chuvas isoladas no período da tarde, trouxe esperança para quem a 47 não vê mais do que garoa.

O alerta de perigo também inclui os seguintes municípios: Alcinópolis, Anaurilândia, Aparecida Do Taboado, Aquidauana, Bandeirantes, Bataguassu, Batayporã, Brasilândia, Camapuã, Campo Grande, Cassilândia, Chapadão Do Sul, Corguinho, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Figueirão, Inocência, Jaraguari, Nova Andradina, Paranaíba, Paraíso Das Águas, Pedro Gomes, Ribas Do Rio Pardo, Rio Negro, Rio Verde De Mato Grosso, Rochedo, Santa Rita Do Pardo, Selvíria, Sonora, São Gabriel Do Oeste, Taquarussu, Terenos, Três Lagoas e Água Clara.

Conforme Natálio, para região de Corumbá e Miranda, onde os incêndios castigam o Pantanal, não há possibilidade de chuva nem mesmo no final de semana. Levantamento do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) contabilizou 229 focos de ontem para hoje, concentrados nos municípios de Corumbá e Porto Murtinho.

Em Campo Grande e na região de Ponta Porã há chances de precipitação no sábado e domingo. O meteorologista, no entanto, afirma que a umidade relativa do ar aumenta entre quinta e sexta-feira.


Regras de comentário