ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUINTA  16    CAMPO GRANDE 23º

Cidades

Capital abre mais 10 leitos UTI, mas fila chega a 81 pacientes à espera por vaga

Mais 10 leitos foram abertos no El Kadri, porém, até ontem, 81 pacientes aguardavam vaga na Capital por leito

Por Silvia Frias | 24/06/2021 10:11
Leitos que foram disponibilizados no El Kadri, em convênio com Município (Foto/Divulgação)
Leitos que foram disponibilizados no El Kadri, em convênio com Município (Foto/Divulgação)

Mais 10 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) foram abertos hoje para atender pacientes com covid-19 em Campo Grande e, agora, o município passa a contar com 364 leitos de atendimento intensivo. Porém, os novos leitos ainda não suprem a demanda que, até ontem, era de 81 pessoas à espera de vagas na Capital.

Os 10 leitos abertos estão instalados no hospital El Kadri. Em março, o hospital há havia aberto outros 10 leitos de UTI e outros 10 no Hospital Adventista do Pênfigo.

Os leitos de UTI disponíveis atualmente estão distribuídos em oito hospitais: Hospital Regional Rosa Pedrossian (125), Santa Casa (91), Hospital Adventista do Pênfigo (46), Hospital Universitário (36), Clínica Campo Grande (24), Hospital de Câncer (20), El Kadri (20) e Proncor (2), totalizando 364 leitos.

Taxa de ocupação ultrapassa os 100% na região de Campo Grande (Foto/Divulgação)
Taxa de ocupação ultrapassa os 100% na região de Campo Grande (Foto/Divulgação)

O avanço dos casos graves de covid-19, porém, atropela a implantação de UTIs. A Central de Regulação em Campo Grande contabiliza, até ontem, 89 pacientes à espera de vagas de leitos SRAG/Covid, sendo 81 em Campo Grande e os outros em Aquidauana, Caracol, Maracaju, Nova Alvorada do Sul, Sidrolândia e Terenos, que fazem parte da macrorregião.

Aqui, a taxa de ocupação ultrapassa os 100%, conforme último boletim da SES (Secretaria Estadual de Saúde), divulgado ontem. À espera de leitos, também estavam outros três pacientes da região de Dourados e seis regulados pelo Estado. Nessas regiões, o índice de ocupação está acima dos 92%.

Mato Grosso do Sul tem 327.216 casos confirmados da doença e 7.915 mortes. Deste total, Campo Grande representa 116.007 infectados e 3.229 óbitos.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário