ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, SÁBADO  06    CAMPO GRANDE 25º

Cidades

Com 1.242 mortos, Capital tem 4ª pior taxa de isolamento no País

No resultado geral, Mato Grosso do Sul obteve índice de 36,83%, muito abaixo do mínimo ideal, de 60%

Por Silvia Frias | 23/01/2021 08:51
Guarda Municipal em fiscalização para cumprimento do toque de recolher em Campo Grande (Foto: Arquivo)
Guarda Municipal em fiscalização para cumprimento do toque de recolher em Campo Grande (Foto: Arquivo)

Campo Grande está entre as quatro capitais com os piores índices de taxa de isolamento registrados ontem (22), alcançando apenas 36,3%. Se forem avaliados os resultados dos demais municípios, Mato Grosso do Sul alcançou percentual similar, de apenas 36,83%.

Os dados foram divulgados pela In Loco, empresa que utiliza tecnologia que monitora mobilidade da população por meio dos aparelhos celulares.

Conforme o sistema, além de Campo Grande, os piores índices foram registrados em Porto Alegre (35,81%), Goiânia (34,50%) e Palmas (33,36%). Os melhores percentuais de isolamento foram obtidos por Manaus (49,47%), Rio Branco (47,96%), Porto Velho (44,48%) e Florianópolis (43,54%). Mesmo assim, os resultados estão abaixo do mínimo ideal de 60% preconizado pela OMS (Organização Mundial de Saúde).

Em relação às unidades da federação e Distrito Federal, Mato Grosso do Sul também figura na parte debaixo da tabela, ficando na 19ª posição. Os piores resultados foram dos estados de Tocantins (32,73%), Goiás (34,38%) e Minas Gerais (35,50%). Os melhores índices foram do Amazonas (49,35%), Acre (48,06%) e Rondônia (43,82%).

Em Campo Grande, decreto válido até dia 6 de fevereiro estabeleceu toque de recolher das 22h às 5h. O governo estadual também também baixou medida similar, com validade até 9 de fevereiro.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário