A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Março de 2019

15/03/2019 12:13

Com coordenador indígena na Funai, lideranças acreditam em aproximação

Henrique Dias da etnia Terena assumiu a coordenadoria da Funai em Campo Grande nesta sexta-feira (15)

Tatiana Marin
Líderes e caciques presentes na posse de Henrique Dias como coordenador da Funai em Campo Grande. (Foto: Tatiana Marin)Líderes e caciques presentes na posse de Henrique Dias como coordenador da Funai em Campo Grande. (Foto: Tatiana Marin)

Os líderes indígenas acreditam em uma reaproximação das comunidades com a Funai (Fundação Nacional do Índio) com a posse de Henrique Dias, da etnia Terena. Ele tomou posse na manhã desta sexta-feira (15) prometendo atender a população indígena das aldeias e os que vivem nos ambientes urbanos.

“Estamos felizes. é um momento novo e histórico em que depois de muito tempo novamente volta um indígena para a coordenadoria da Funai, que veio da base e acreditamos que vai fazer uma administração voltada para as comunidades”, avalia o Cacique Messias da Aldeia Córrego do Meio de Sidrolândia, um dos líderes indígena presente na posse.

Segundo ele, havia um distanciamento entre os líderes e as comunidades em relação às gestões passadas. Com a vinda dele vai, unificar e trazer a liderança e a comunidade para perto da Funai”, pontua.

“Agradeço a Deus. A gente fica feliz. A porta está aberta, ele é nosso patrício, entende toda a situação de cada um da comunidade indígena, tanto da base como urbano de Campo Grande”, opinou o ancião Cacique Ribeiro Barbin, da Aldeia Inápolis próximo a Indubrasil.

Para o Cacique André da Aldeia Nova Buriti de Dois Irmãos do Buriti, é importante ter um indígena à frente do órgão. “O administrador da Funai tem que ser um índio, senão fica difícil dialogar. Tem que ser índio com índio”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions