ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 11º

Cidades

Com UTIs cheias, MS não vai mais receber pacientes com covid de outros estados

A justificativa é de que nenhuma unidade da federação está em situação confortável em relação à pandemia, inclusive MS

Por Lucia Morel e Guilherme Correia | 02/03/2021 12:05
Avião do Corpo de Bombeiros de Rondônia no Aeroporto Internacional de Campo Grande. (Foto: Paulo Francis/Arquivo)
Avião do Corpo de Bombeiros de Rondônia no Aeroporto Internacional de Campo Grande. (Foto: Paulo Francis/Arquivo)

Depois de receber 14 pacientes graves com covid-19 vindos de Rondônia, Mato Grosso do Sul encerrou a ajuda a outros estados da federação que estejam sem vagas em UTI (Unidade de Terapia Intensiva). A justificativa é de que nenhuma unidade da federação está em situação confortável em relação à pandemia, inclusive MS.

Ao Campo Grande News, o secretário de estado de saúde, Geraldo Resende, afirmou que “aqui em Mato Grosso do Sul foi suspenso o apoio que o Estado estava dando a Rondônia e Amazonas. Foi suspenso por enquanto”, ressaltou, reforçando o que já havia comentado, sobre a necessidade de adoção de medidas restritivas em conjunto com outros estados.

No último sábado, 27 de fevereiro, idosa de 67 anos transferida de Porto Velho, em Rondônia, morreu. Ela estava internada em hospital de Três Lagoas desde 16 de fevereiro.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário