A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019

06/10/2019 09:39

Debaixo de chuva, eleitores votam em representantes do conselho tutelar

A eleição começou às 8h e segue até as 17h, , sem fechamento para o almoço

Fernanda Palheta e Clayton Neves
A feirante foi a primeira votante da Escola Estadual Joaquim Murtinho (Foto: Clayton Neves)A feirante foi a primeira votante da Escola Estadual Joaquim Murtinho (Foto: Clayton Neves)

O dia chuvoso não atrapalhou o início da eleição para escolha de 25 conselheiros tutelares em Campo Grande na manhã deste domingo (6). Na escola Estadual Joaquim Murtinho, no Centro da Capital, a primeira eleitora chegou 10 minutos após a abertura do processo.

Com guarda chuva para se proteger da garoa, a feirante Jane Soares, de 55 anos, abriu a sessão na Escola Estadual. Depois de votar, ela ainda vai acompanhar o marido, que vota em outra escola. “Combinamos de votar no primeiro horário”, conta. Apesar de ter compromissos, a feirante destaca que a eleição é prioridade. “Nem a chuva me desanimou. E as outras coisas que eu tenho que fazer, eu faço depois”, completou.

Além de votar, ela conta que está incentivando as amigas para participarem da eleição. “É importante porque nos últimos tempos têm acontecidos muitos casos de violência contra crianças e adolescentes e o conselho tutelar é o órgão que pode combater esse tipo de situação”, afirma.

Mesmo de baixo de chuva, a médica, Elisa Nascimento, de 59 anos, também votou nos primeiros minutos da eleição. “Fiz questão de vir para deixar meu voto. A gente tem que escolher as pessoas responsáveis pelas crianças e adolescentes para que não aconteçam tantos casos ruins como os que vemos ser noticiado”, disse.

A professora e técnica da Semed (Secretaria Municipal de Educação) ressaltou a importância da eleição. “Os conselheiros cuidam da proteção de crianças e adolescentes”, aponta. “E essa proteção não é só física. As pessoas estão habituadas a sempre associar a violência física, mas vai muito além disso existe a emocional também”, completou lembrando do aumento de casos de suicídio entre jovens e a auto mutilação.

Fila – Na Escola Municipal Flora Guimarães Rosa Pires, no bairro Vila Albuquerque os eleitores chegaram mais cedo e a votação começou com uma pequena fila. Segundo informações, os eleitores chegaram antes mesmo das cédulas. Mas às 8h a sessão foi aberta normalmente.

Também de baixo de chuva, a aposentada Vera Lúcia de Menezes, de 60 anos chegou nas primeiras horas de votação e já tinha a candidata escolhida. Ela decidiu votar em uma amiga por acreditar que poderia fazer diferença.

Eleição – O pleito teve início às 8h e segue até às 17h, sem fechamento para o almoço. Ao todo são 77 candidatos que disputarão 25 vagas, para atuarem em cinco Conselhos Tutelares da Capital.

Haverá 60 locais de votação (veja a lista) Cada sessão terá três mesários para fazer as orientações necessárias e nos locais de votação estará disponível um informativo com os números dos candidatos (confira a lista).

Todos os eleitores da cidade podem participar e votar no pleito. Para votar o eleitor deve ir ao local de votação levando apenas a carteira de identidade (RG) e o título do eleitor. Neste caso sua presença no pleito é facultativa, diferente das eleições políticas que o voto é obrigatório.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions