A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Julho de 2019

27/06/2019 09:11

Detran altera funcionamento e terá expediente à tarde a partir de julho

Mudança se deve a nova jornada de oito horas para servidores públicos estaduais e começa a valer no dia 1º de julho

Jones Mário
Sede regional do Detran-MS, localizada na saída de Campo Grande para Rochedo (Foto: Divulgação/Detran-MS)Sede regional do Detran-MS, localizada na saída de Campo Grande para Rochedo (Foto: Divulgação/Detran-MS)

A sede do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul), localizada na saída de Campo Grande para Rochedo, passará a funcionar também pela tarde. A mudança se deve a nova jornada de oito horas para servidores públicos estaduais e começa a valer no dia 1º de julho.

Conforme portaria publicada na edição de hoje do Diário Oficial do Estado, o atendimento ao cliente do Detran-MS sede e suas agências será das 7h30min às 16h30min, com fechamento para almoço das 11h30min às 12h30min.

Até amanhã, o expediente da agência na saída para Rochedo segue das 7h30min até 13h30min. O único serviço disponibilizado pela sede durante a tarde era o de emplacamento, das 7h30min às 16h30min.

A portaria altera também o funcionamento da Agência Geraldo Garcia, que fica no Shopping Pátio Central, em Campo Grande. Hoje, o atendimento na unidade começa às 12h e termina às 18h, mas vai adotar o mesmo expediente da sede regional.

Todas as agências do Detran-MS no Estado devem adotar o novo horário. As únicas exceções são as unidades situadas nos shoppings Campo Grande e Bosque dos Ipês, que vão continuar em operação das 10h às 22h, em dois turnos de seis horas e sem intervalo.

A portaria divulgada hoje considera o decreto nº 15.192/2019, que estabeleceu jornada de oito horas aos 16 mil servidores públicos concursados e comissionados a partir do próximo mês. Assim, os funcionários farão jornada de 40 horas semanais.

A administração estadual estima que o acréscimo de horas trabalhadas será equivalente à contratação de quatro mil novos servidores, mas sem aumento de despesas, o que pode resultar em economia de R$ 130 milhões ao ano. A medida também deve resultar na redução de gastos com plantões e horas extras, que respondem por R$ 20 milhões anualmente.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions