ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEGUNDA  25    CAMPO GRANDE 25º

Cidades

Disk Covid presta informações a familiares de 6,6 mil detentos de 4 presídios

Presídios de Campo Grande e Dourados integram projeto piloto para informar familiares sobre infecção da covid entre internos

Por Silvia Frias | 28/08/2020 08:34
Agepen informa que os canais serão exclusivamente para prestar informações sobre covid (Foto/Divulgação)
Agepen informa que os canais serão exclusivamente para prestar informações sobre covid (Foto/Divulgação)

Familiares de presos de quatro estabelecimentos penais de Mato Grosso do Sul vão poder receber informações  sobre casos de infecção de covid-19 pelos internos. O projeto piloto será implantado em Campo Grande e Dourados, atendendo massa carcerária de 6.677 internos.

Até agora, segundo dados da Agepen (Agência Estadua de Administração do Sistema Penitenciário), foram confirmados 955 casos de covid-19 nos presídios do Estado. Destes, são 135 servidores, 807 detentos e outros 13 de condenados monitorados por meio de tornozeleira eletrônica.

O Disk-Covid já está disponível para o presídio de Segurança Máxima Jair Ferreira de Carvalho, IPCG (Instituto Penal de Campo Grande), Penitenciária Masculina de Regime Fechado da Gameleira e PED (Penitenciária Estadual de Dourados). A intenção é que, posteriormente, a iniciativa seja estendida a outras unidades prisionais, conforme as maiores demandas.

Cada um dos quatro presídios recebeu um número específico para contato, cujo atendimento ocorre por ligação ou WhatsApp, no período entre as 7h30 e 16h30, de segunda a sexta-feira. Importante enfatizar que o canal é exclusivo para informações referentes à Covid-19 entre a massa carcerária daquela unidade prisional e demais assuntos não serão tratados, sem exceção.

A ação é resultado de recomendação feita pelo Comitê de Enfrentamento à Covid-19 da Agepen, com o apoio da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), que disponibilizou os chips para os contatos. O projeto também foi aprovado pelo TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

“A medida é mais uma forma adotada para proporcionar maior transparência às ações, bem como prestar um melhor atendimento aos familiares, além de evitar a disseminação de informações incorretas”, destaca o diretor-presidente da Agepen, Aud de Oliveira Chaves.

A Agepen informa que somente serão tratados os assuntos relacionados à covid-19.

Confira os contatos

  • Estabelecimento Penal "Jair Ferreira de Carvalho" (Máxima de Campo Grande): (67) 99265-1751
  • Instituto Penal de Campo Grande: (67) 99135-6546
  • Penitenciária Masculina de Regime Fechado da Gameleira: (67) 99134-6200
  • Penitenciária Estadual de Dourados: (67) 99191-3844
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário